Copiaram o meu Vestido Dourado no MET Gala 2018 😱

Não querendo me achar, mas só pra avisar que VIREI TRENDESETTER! Pois é, lancei moda com o look que criei para o casamento da minha irmã, que consistia em um vestido dourado com fenda. Ontem no MET Gala não deu outra, muitos vestidos nesse estilo foram desfilados pelo red carpet, inclusive da nossa beldade nacional, Gisele Bündchen!

O casamento da minha irmã foi em Março de 2017 e o MET Gala foi em Maio de 2018. Do the math! hahaha

BITCH STOLE MY LOOK!

Vamos começar pelo mais óbvio: o look da Olivia Munn! Ela não contente em plagiar meu vestido, ainda copiou o tom do batom e o cabelo solto. Feito pela H&M.

E o que falar da Emily Ratajkowski, que copiou até as mangas longas? Assinado pelo Marc Jacobs.

Até minha musa mor, Kim Kardashian! Ainda é Versace, minha marca favorita. Que ousadia!
A prova de que ela lê meu blog é que o outro look usado no after é um clássico da Versace que eu falei sobre outro dia por aqui tb! EXATAMENTE O MESMO! Coincidência? Acho que não.

Outra musa, Ashley Graham, mudou o tom um pouquinho para disfarçar o plágio criado por Prabal Gurung.

E o que falar dessa versão “pobrinha” Versace da Gisele Bündchen?

E a versão ryqueza da Irina Shayk? Também Versace.

Kerry Washington usou uma versão mais comportada feita pelo Ralph Lauren.

Joan Smalls bem glamourosa by Tommy Hilfiger.

A Jasmine Sanders já optou por uma versão mais rococó barroca rebuscada da H&M.

E essa versão mini da Katy Perry? Também Versace.

Temos também a versão conceitual do Altuzarra, usada pela Evan Rachel Wood.

E a versão carnavalesca by Dolce & Gabbana da Sarah Jessica Parker.

Outra de Dolce & Gabbana, foi a Anya Taylor-Joy.

Eu novamente para mostrar que acertei até o tema de deusa dourada do catolicismo.

.

O POST CONTÉM IRONIA

Preciso avisar que o post é uma brincadeira? Acho que está bem óbvio, né?

Anúncios

R.I.P. Hubert de Givenchy

Hubert de Givenchy foi um dos maiores estilistas de todos os tempos. Apesar de ter um gosto refinado e atemporal, reestruturou a moda de Paris e do mundo, quebrando o estilo “New Look” da Dior e devolvendo a liberdade para a mulher, com silhuetas confortáveis e soltas.
. Continue lendo “R.I.P. Hubert de Givenchy”