A coleção baratíssima da Victoria Beckham x Target

Geralmente quando os designers fazem coleções em parceria com fast fashions, podemos esperar preços altos para o consumidor e baixos apenas para os já clientes da grife, mas dessa vez ambas as partes foram beneficiadas. Como fã da Victoria Beckham, fico feliz de ver que ela emprestou seu nome para uma coleção bonita e muito barata, vendida pela Target – uma marca de supermercado americana.

Como o estilo é minimalista e os materiais são de baixo custo, nada mais óbvio do que não cobrar muito por isso. Uma coisa é comprar um vestido de seda, outra bem diferente é comprar um de poliéster! (Aprendam com isso, C&A, Renner, Riachuelo e etc!) O mais importante é que a designer não precisou abrir mão do bom gosto para isso, a maioria das peças são bem elegantes e fáceis de cativar qualquer fashionista. Tem até peças para mães e filhas combinando!

São mais de 200 peças com o valor entre 6 dólares até 70 dólares, mas a maioria não passa de 40 dólares!

Pela primeira vez poderemos comprar todas as peças de uma coleção de parceria com designer em tamanho plus size, inclusive as infantis! Os tamanhos abrangem dos recém-nascidos até o plus-size feminino.

Todas as lojas Target nos EUA estão vendendo as peças a partir de hoje (9 de abril). Já nós, brasileiros, podemos comprar tudo online com o imposto de importação já calculado no chekout e frete barato. O site é seguro e confiável.

Ainda tem um cupom amigo para compras internacionais! Insira o código INTLSHIP no final da compra e ganhe 20 dólares de desconto nas compras acima de 100 dólares.

Já dá para aproveitar e garantir um presente para o Dia das Mães que está logo aí, né?

Anúncios

Livro: Fique Com Alguém Que Não Tenha Dúvidas – Marina Barbieri

Sou suspeita para falar desse livro, pois sou fã da escrita da Marina Barbieri há um bom tempo por causa dos blogs dela. Lembro até hoje quando encontrei o blog Corra Mary, li um post atrás do outro e não parei de acompanhar desde então. Gostei de cara da maneira sincera e divertida que ela usa as palavras, parece que estamos lendo os conselhos de uma amiga sábia, mas sem pretensiosismo nenhum, ela é humana e falível como todos nós.  Essa personalidade tão única dela conseguiu transpor o tempo e migrar para o seu novo blog, Deu Ruim, e também para esse livro.

fique com alguém que não tenha dúvidas - marina barbieri - livro - relacionamentos - blog got sin 01

“Marina Barbieri tem uma teoria: toda mulher adora um caso perdido. Calma, ela explica: não é que mulheres gostem de insistir no erro. A verdade é que, no fundo, mulheres são batalhadoras. Não desistem fácil. O problema é que crescemos achando que o amor é um jogo cheio de armadilhas. Que o amor é, como dizem por aí, um campo de batalhas. Este livro vai mostrar que as coisas não são bem assim. O amor não é difícil. Nós é que o complicamos.

Sempre preferi escritoras mulheres, pois acho que elas analisam nuances mais delicadas da vida, principalmente quando se trata de relacionamentos. Mas confesso que acho bem difícil encontrar escritoras que não se perdem no excesso de “açúcar” que colocam nos livros com essa temática. A Marina com certeza não é uma dessas e sabe dosar exatamente os temperos das emoções passadas no papel. Gosto da maneira franca e empoderante que ela fala sobre isso, transformando um papo de amiga em um conselho que te ajuda de verdade a enxergar os relacionamentos de um outro ângulo – o certo –  e resgatar a tua autoestima! Tudo com uma dose equilibrada de humor.

fique com alguém que não tenha dúvidas - marina barbieri - livro - relacionamentos - blog got sin 02

É um verdadeiro sacudidão te falando: “Acorda, amiga!”.

Expondo e analisando didaticamente exemplos de relacionamentos que ela mesma teve e deram errado, mostra o quão comum é nos colocarmos em furadas e que histórias semelhantes, porém com os mesmos personagens (o sr. Feito-Para-Casar, o sr. Aversão-a-Compromisso, o sr. Problema, etc), acontecem com a maioria das mulheres. Em uma sociedade tão patriarcal quanto a nossa, é bem importante ler algumas verdades para ajudar a retirar resquícios de estigmas doutrinários retrógrados que restam até mesmo nas pessoas ditas mais desconstruídas.

No livro ela explica como a Disney, os conselhos submissos de mulheres de gerações passadas (mães/tias/avós), comédias românticas e mais um monte de coisas impregnadas na sociedade ajudaram a construir em nós a ideia de normalidade em sermos mal tratadas, inventando desculpas para as atitudes ruins dos homens, insistindo em relacionamentos defasados, com a esperança de que no final o mocinho perceberá que nos ama e começará a agir corretamente. Ela também dá dicas de como superar tudo isso e explica cada caso em particular, fazendo com que a nossa cognição em relação ao namoro/casamento seja a mais simples possível: ame quem realmente te ama. Ou melhor: Fique com alguém que não tenha dúvidas!

De hoje em diante já sei o que dar de presente para todas as minhas amigas!

Por isso recomendo para todas vocês também. É uma leitura construtiva e inteligente que serve para qualquer uma de nós. Até eu, que tenho o “coração de pedra”, vi que sou o oposto das meninas que sofrem por amor. O que não é certo também, pois já fiz muitos homens sofrerem por conta dos muros gigantescos que cercam as minhas emoções. Vou baixar um pouco a guarda e levar para a vida as dicas que li. Se todas as pessoas se autoanalisassem um pouquinho assim, o mundo com certeza estaria mais leve e feliz.

Já quero ler o próximo livro da Marina! 😊

Onde comprar?

SaraivaSubmarinoAmericanasShoptime
Livraria Cultura • Livrarias Curitiba • Cia. dos Livros
Amazon • Livraria da Folha • Livraria da Travessa • Fnac

E-book:

iTunes Google PlayAmazonLivraria Cultura