meu look: let me break the ice

it’s been a while…
i know i shouldn’t have kept you waiting.
but i’m here now!

O cardigan lindo com estampa étnica, que lembra o zigue-zague da Missoni, é da Vida Bela – presentinho Just Lia. :)

Barriga de fora é aposta das maiores grifes

Depois de analisar todos os desfiles das fashion weeks de Milão, Paris e Nova York, cheguei a conclusão de que estamos nos aproximando da moda do começo dos anos 2000 (acredito que já estamos relembrando 98/99/00). Confuso, né? Mas é que a moda sempre se recicla com o tempo, por isso eu sou contra pessoas que dizem NUNCA MAIS VOU USAR ISSO. Você vai acabar usando, ou vendo todo mundo usar, se não puder acompanhar. Cruel? Talvez… Mas é a realidade.

Como eu já esperava, a barriga de fora está voltando. Foi difícil achar desfiles que não colocaram ao menos um look que mostrasse o umbigo. Sim, o umbigo mesmo! Aquela história de “estômago” de fora já é tendência passada – mas ainda pode ser usada e é uma boa opção também.

Antes que venham falar que isso é coisa de “piriguétchy” (nojo dessa palavra), lembrem-se que os desfiles que eu vou mostrar aqui são todos Ready-to-Wear (pronto para vestir) das maiores grifes do planeta, e não devemos nos preocupar com “estigmas da sociedade brasileira. Se tem mulheres de uma nação que morrem de medo de que os outros vão achá-las “vulgares” no jeito de se vestir, essas são as brasileiras! (Mas esquecem que ser vulgar mesmo é ficar ofendendo os outros anonimamente na internet, né!)

Como eu sei que não me incluo nessas atitudes, sinto-me livre para explorar a minha sensualidade no guarda-roupa. :) Se até o tio Karl Lagerfeld está mandando a gente usar… POR QUE NÃO?

P.S.: Esse não é um post para debate se isso é ou nao é coisa de ‘piriguétchy’!  Quem acha que é, basta sair daqui. Obrigada!