O polêmico vídeo da Miley Cyrus – Mother’s Daughter

Oh my God, she got the power!

Se eu já tinha amado a música Mother’s Daughter, agora com o vídeo estou ainda mais apaixonada e será difícil tirar do replay. Sentia muita falta do pop que faz críticas sociais de empoderamento feminino como as cantoras de antigamente costumavam fazer, por isso me encantei tanto com o clipe, que lembra uma mistura de Madonna (em Human Nature) com Britney Spears (em Oops!… I did It Again) sem deixar de ser Miley Cyruspolêmicas são como refresco!

Apesar da simplicidade minimalista visual, a mensagem que carrega é tão densa que pode ser pesada para muitos espectadores. Ela vem esfregar na cara o poder da mulher e ri ironicamente dos estereótipos que a sociedade incute ao tentar nos aprisionar. O vermelho representando o pecado e a fúria, um objeto sexual que pensa, uma armadilha para os homens, uma femme fatale, alguém que luta pelos direitos de liberdade e celebra o sagrado feminino. Se eu fosse fazer um clipe, com certeza iria querer algo semelhante.

so don’t fuck with my freedom
i came back to get me some
i’m nasty, i’m evil
must be something in the water or that i’m my mother’s daughter

GOT SIN?

A Miley Cyrus está de parabéns!

p.s.: agora já sei o que usar no halloween!

Anúncios

Bitch, I’m Madonna!

O novo clipe da Madonna tá uma farofa divertida e louca!

De longe percebe-se a tentativa dela para ganhar o público adolescente… cabelo rosa, figurino praticamente todo Moschino♥, festinha no rooftop com pegação e bebedeira, muita cor neon e loucurinhas. Sem contar a participação de vários grandes artistas como: Beyoncé, Katy Perry, Nicki Minaj, Miley Cyrus, Kanye West, Chris Rock, Diplo e Rita Ora (esqueci alguém?). Bem que poderiam ter convidado a Britney Spears também, né?

Sobre a renovação visual da rainha do pop… seu estilo ficou mais leve e divertido, bem condizente com a geração atual. Antes a imagem dela estava muito distante, classuda e inteligente para o povão assimilar. Também fica notável a tentativa de “emburrecer” seu conteúdo de uma maneira marqueteira, como ela falou em uma entrevista recente. Lembram?

Confesso que tenho medo do quão raso as coisas estão se tornando. As pessoas tinham preguiça de ler livros, aí vieram as revistas. A preguiça veio novamente e os blogs surgiram. Depois os vlogs e agora o snapchat. Quanto mais mascado o conteúdo, melhor! Com a música também anda mais ou menos assim. Quando até a Madonna, famosa por trazer conteúdo inteligente nas suas canções, nos oferece uma farofa dessas, é sinal de alerta. Em breve as músicas não terão apenas uma ou duas frases repetidas incessantemente como agora, mas apenas uma palavra. E olha lá.

No mais… vamos nos divertindo e dançando till the world ends. :)

bitch im madonna blog got sin

.