Os vestidos couture com frases cafonas do Viktor & Rolf

https://assets.vogue.com/photos/5c48af2bc114db2d1212b27b/master/pass/_VIE0321.jpg

“Desculpe pelo atraso, eu não queria vir.”
Se eu fosse um vestido, com certeza seria este de cima!

Ontem aconteceu o desfile de couture da grife Viktor & Rolf na Paris Fashion Week e eu precisava compartilhar os vestidos com frases cafonas que eles colocaram na passarela. O pior é que são frases que me representam tanto e achei bem condizente com a época em que vivemos, onde dizem que nossas roupas falam por nós – essas obviamente passam a mensagem claramente!

Tirando as frases de impacto, não posso deixar de destacar a tendência dos babados de tule, vestidos bem armados, saias godê e evasê, mangas bufantes e a volta da cintura império. Tudo isso aparece também em diversas outras coleções e o exagero oitentista está chegando com força, combinando ainda com uma cartela de cores vibrantes.

Qual será que a Lady Gaga irá escolher para seu próximo red carpet?

imagens: Vogue

Dior Couture verão 2011

Antes de começar a falar sobre o assunto do título, gostaria de fazer um breve desabafo. Notei que no Brasil existem mais blogs de moda per capta do que qualquer outra coisa (e isso não é ruim!), mas acho que, da parte das blogueiras, ainda existe uma certa “preguiçade assistir e entender desfiles. Não existe moda sem desfiles, eles são fundamentais para entendermos tudo o que foi e o que será usado, mesmo que bem futuramente. Para quem prefere o bom e “mascadinho” street style, saiba que aquela pessoa estilosa está sobre forte influência de alguma poderosa marca que desfilou e lançou aquelas “tendências“. Não adianta assistir red carpets e achar que virou um guru da moda, para isso… só assistindo desfiles de verdade mesmo (e olha lá!).

Não gosto de ler coisas tipo “ah todo mundo já postou sobre Fashion Rio e etc“, claro… desfiles precisam ser comentados e analisados, ainda mais por blogs que se dizem de moda. Sei também que muita gente não consegue acompanhar, desmistificar, e esmiuçar as coleções apresentadas, nesses casos é melhor não postar nada sobre. Só acho que, mesmo quando gostamos de moda, até mesmo como apenas consumidores, é necessário ter uma base para saber o que estamos falando em um blog de moda quando mencionamos a palavra “tendência” (outra palavra que as pessoas odeiam de tanto que usam errado por aí).

Tendência é quando algo é lançado e ainda não caiu na graça do povo. Por exemplo, não podemos falar que renda é tendência do verão, pq primeiro já estamos no verão e, segundo, renda tá aí firme e forte… então ela já não tende mais a nada, pois de fato já foi consolidada. Mas, podemos opinar que ela virá forte para o inverno também. Já essa última opinião, de achar que algo virá forte pois foi visto em vários desfiles/revistas e etc, sim é acreditar/apostar em uma tendência.

Se a gente ama mesmo a moda, tanto quanto falamos, acho fundamental prestar mais atenção nos desfiles. Não custa nada pensar um pouco, né? Não dói, pelo menos para mim não.

Agora indo ao assunto do post… John Galliano apresentou essa semana a coleção de verão alta costura 2011 da Dior. A inspiração dele foi o René Gruau, o artista responsável pelo famoso “New Look” da Dior (que consiste em um tailleur – blazer acinturado + saia evasê – FOTO PARA ILUSTRAR). Bem 40’s, 50’s…

Continue lendo “Dior Couture verão 2011”