Desfile da Gucci – as cabeças cortadas, o manifesto ciborgue e nossa construção social milimétrica

A Milão Fashion Week ainda nem terminou e eu já quero eleger o desfile da Gucci como o melhor da temporada!

Alessandro Michele está de parabéns pelo conceito genial e trabalho artístico utilizado. Uma sala cirúrgica como passarela, cabeças humanas como acessório, terceiro olho, bebê dragão, cobra, camaleão e uma volta ao mundo em uma versão ciborgue! Continue lendo “Desfile da Gucci – as cabeças cortadas, o manifesto ciborgue e nossa construção social milimétrica”

Helmut Lang – 11 tendências para o verão

A grife Helmut Lang, sempre minimalista, dessa vez não foi diferente. Depois de 5 anos longe das passarelas, eles trazem para o NYFW um desfile inspirado em roupas esportivas, que mais parecia uma academia misturada com alfaiataria.

O próprio estilista, Michael Colovos, disse que não coloca nada na passarela se ele não acreditar que aquela peça realmente vá vender depois para o uso comum. Ou seja, ele faz moda que sai pronta para o uso. Se não fosse assim, os desfiles não chamariam-se  READY-TO-WEAR, né?