Versace homenageia o The Prodigy

Meu desfile favorito é sempre o da Versace! Na temporada de Menswear da primavera 2020, o vocalista do The Prodigy, Keith Flint, foi homenageado juntamente com o pós-punk. O resultado foram looks casuais fáceis de ser inseridos no cotidiano de homens e mulheres, mas ao mesmo tempo puxando alguns limites – afinal, estamos falando de um movimento musical que não curte seguir padrões. Numa trajetória que vai dos anos 70 aos anos 90, podemos ver looks de oncinha, muito couro, franjas, vinil e estampas para todos os gêneros. É a demonstração mais literal do termo “punk de boutique“.

Separei aqui os meus favoritos:

ALFAIATARIA EM COURO

Dá para ser chique e punk no mundo da Versace e eu amei a ideia! Trench coat e blazer de couro é a união de dois opostos que funcionam bem no inverno de quem mora em locais frios e chuvosos mas não gostam de perder a elegância no trabalho. A camisa azul com gravata preta me lembrou bastante a icônica roupa que a Britney Spears usou no vídeo de Me Against The Music, então é claro que adorei ver a Gigi Hadid desfilando uma versão semelhante. Vocês perceberam que o cinto subiu novamente e agora marca a cintura no que seria um cós bem alto? Vale a pena ficar de olho.

JAQUETA DE MOTOQUEIRO

O símbolo da rebeldia! Como eu amo esse modelo de jaqueta perfecto. Agora ela aparece com franjas, combinando com botinhas para as mulheres ou tênis e gravata para os homens. O mix de estilos continua.

BLAZER DE ONCINHA

Os casacos de pele fake de oncinha continuam em alta e agora chegam na versão blazer também, tanto para homens quanto para mulheres. A combinação é um pouco mais ousada, misturando peças de vinil preto e camisa com gravata.

BRILHO + BARRIGA DE FORA

Vocês já estão cansados de ver eu falando há anos que amo barriga de fora, né? Mas adorei a proposta da Versace, com um blazer por cima para balancear. Para os homens a opção é ousar na transparência do tecido para deixar o tanquinho de fora.

FALANDO DE ONCINHA…

A coleção está recheadíssima de peças com estampa de oncinha! Se você é como eu e também ama, pode se jogar pq eles apostam no hit até para os homens.

OS OPOSTOS SE ATRAEM

Não sabe escolher entre o pretinho clássico e o xadrez príncipe de gales? Usa os dois e ainda mistura com couro! Mais uma vez mostrando que alfaiataria não precisa ser sem graça.

MINIVESTIDOS

A coleção trouxe peças sexy, como comprimentos mini, couro e oncinha. Lembram que já expliquei porque as mulheres punks se vestiam assim por causa das strippers, pois ambas eram marginalizadas pela sociedade? (leia mais em: Punks e Strippers pela Moda!) Por isso é importante conhecer história da moda, pois é como a autoanálise na psicologia, descobrimos que tudo tem um motivo por trás. Acho fascinante ter maturidade o suficiente para entender a origem das coisas.

ESTAMPA VERSACE

A clássica estampa da Versace trouxe o motivo barroco em tons bem coloridos, quase neon, fazendo lembrar as raves dos anos 90. É um exagero que combina muito com a moda brasileira, que já está lotada de camisas estampadas, principalmente no setor masculino.

CABELO COLORIDO

Para os homens, o cabelo colorido – símbolo do vocalista do Prodigy – foi o destaque. Uma homenagem ao punk e a modernidade. Vale usar todas as cores, do amarelo ao azul, verde, rosa e vermelho. Escolha a sua favorita e seja feliz.

 

ASSISTA O DESFILE COMPLETO

Anúncios

A história de Alice no País das Maravilhas nos dias de hoje

alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 01

Muita coisa mudou desde o lançamento do livro Alice no País das Maravilhas do Lewis Carroll, há 150 anos. Mas já parou para pensar como seria o mundo maravilhoso da Alice se fosse criado nos tempos atuais?

Para nos dar esse gostinho de modernidade, o ilustrador Vicky Leta foi convidado pelo Mashable para criar uma versão 2015 dessa história. Com gadgets modernos, redes sociais e um toque hipster da nossa geração, os meus livros favoritos seriam assim:

alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 07
Em vez de passar através do espelho, Alice entraria através de uma câmera frontal de seu telefone.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 02
O Coelho Branco teria um relógio da Apple e ainda conseguiria se atrasar.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 03
O buraco do coelho em que a Alice cai, seria apenas uma briga de Facebook que ela teria com seu primo que não vê há mais de 5 anos.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 04
O Cheshire Cat seria uma estrela do Instagram e amado por milhões.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 05
A poção “Beba-Me” seria suco verde em um “mason jar”.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 06
A Lagarta fumaria um cigarro eletrônico.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 08
Em vez de ir na Festa do Chá do Chapeleiro Maluco, Alice iria para um brunch com bebida liberada.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 09
O Chapeleiro Maluco usaria um bigodão com as pontinhas viradas, combinando com seu chapéu fedora. A Lebre de Março beberia apenas chá orgânico de livre comércio.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 10
A Rainha de Copas seria Taylor Swift. Ela continuaria odiando rosas brancas e exigindo que fossem substituídas por cópias do seu cd de 2012, Red.
alice no pais das maravilhas nos tempos modernos lewis carroll ilustracoes vicky leta blog got sin 11
A Rainha de Copas desafiaria Alice para jogar Catan. Críquete é tão 150 anos atrás!

.

Não sei vocês, mas eu prefiro milhões de vezes a versão original, apesar de ter amado essas ilustrações!