Louboutin no NYFW

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-01

Para a New York Fashion Week dessa temporada de outono/inverno 2017, Christian Louboutin continuou sua colaboração com 6 designers americanos. Foram desfilados sapatos clássicos e outros modelos personalizados especialmente para a interpretação artística dos designers, que também seguiram a premissa máxima de que as mulheres pertencem ao topo, inspirando e sendo inspirados pelas mulheres poderosas – esse é o atual lema do Louboutin.

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-02

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-03

Essa é a 3ª colaboração do designer com a marca recém-chegada, Novis, que é fundamentada na brincadeira e experimentação das cores. Nessa temporada, Jordana Warmflash (designer da marca) se inspirou no design moderno das artes e móveis dinamarqueses e suecos. As cores vibrantes – azul royal, amarelo, vermelho, rosa e verde – ilustraram também os sapatos dessa coleção, onde aparecem enfeitados com pompons ♡, remetendo a delicadeza e fazendo alusão ao tricô do restante das peças. As unhas foram pintadas com flores expressionistas vintage, usando os esmaltes Christian Louboutin nas cores Khol, Rouge, Pluminette, Daffodile e Mula Lisa.

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-04

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-05

Um dia depois, foi a vez da coleção clean e moderna da Cushnie et Ochs. Juntamente com vestidos lápis super elegantes, slip dresses minimalistas, tom cítrico e um pouco de paetê, as sandálias Crystal Queen e Acide Lace do Louboutin são bem básicas e em cores neutras – preto e nude. Para combinar com o estilo sofisticado, as unhas nude tb foram pintadas com o esmalte da marca, na cor La Favorita com listrinhas de adesivo metálico. ♡

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-06

É a segunda vez que a marca Tome (financiada pelo CFDA Vogue Fashion Fund) trabalha em parceria com o Christian Louboutin, dessa vez trazendo plataformas ou slippers de veludo preto e rosa. A coleção invoca o espírito da Women’s March que aconteceu no mês passado em Washington, dando destaque para o busto feminino como símbolo de poder e libertação. Além disso, várias artistas foram homenageadas na passarela, incluindo as Guerrilla Girls (grupo de arte anônima e feminista), com blazers estruturados com peles fakes e um enfeite de banana.

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-07

Com muito xadrez, pérolas e punk, a coleção da Jenny Packham celebrou suas raízes britânicas com tudo o que tem de bom por lá. De um lado, peças altamente clássicas de seda e cetim representavam a alta sociedade, de outro, camisetas com frases irônicas tiravam sarro da aristocracia. Os Louboutins escolhidos para o desfile foram os modelos Follies Lace e Apostrophy Pump nas cores nude, vermelho e bordô.

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-08

Do Extremo Oriente até a América do Sul, Naeem Khan se inspirou na mulher itinerante que ama viajar. Especializado em roupas para red carpet, sua coleção trouxe bordados manuais, capas e vestidos deslumbrantes. A mulher artística que usa essa coleção não tem fronteiras, principalmente quando se trata de sapatos! Louboutin usou o modelo de bota over-the-knee Louise XI para bordá-las exageradamente, refletindo e combinando elementos do restante da coleção. Alguns peep toes Bambou também embarcaram nessa viagem pelas passarelas.

christian-louboutin-new-york-fashion-week-desfiles-nyfw-fall-winter-2017-tendencia-moda-blog-got-sin-09

Finalizando a fashion week com uma declaração do poder feminino, Bibhu Mohapatra canalizou a persoangem Vanda da peça Venus in Furs. O designer brincou com o volume e silhueta, trazendo mangas e quadris bufantes – meio anos 80. A sandália Choca e Cherry do Louboutin foram customizadas especialmente para o desfile, combinando com a paleta de cores mais sexy. Já o novo modelo S.I.T Rain, usou as cores creme e preto, fazendo contraste com os looks elegantes de festa.

Anúncios

Hip Hop, street style e a valorização da Moda – Marc Jacobs

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-68

Nem preciso assistir todos os desfiles para eleger o meu favorito dessa temporada do NYFW, pois o Marc Jacobs chegou lacrando com tudo. Um belo tapa na cara da nossa sociedade hipócrita, que tinha transformado a moda em bagunça, transferindo-a para segundo plano nos principais eventos das semanas de moda do mundo inteiro.

Com uma simplicidade poética, Marc Jacobs deixou a moda falar por si em um dos desfiles mais minimalistas que ele já produziu. Sem distrações – não tinha música, nem cenário e até os celulares foram proibidos naquele momento – foi claramente uma tentativa de resgate ao que realmente era importante ali: as roupas e acessórios.

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-67

Apesar de parecer óbvio o objetivo de um desfile, a maioria dos seus frequentadores está ali por outras conveniências que não são a moda. Virou um evento social oco, onde parece ser mais importante sentar na primeira fila ou dizer que foi naquele evento como uma espécie de troféu fashionista (mesmo não tendo absorvido nada dele). Todos querem ser influentes, mas acabam influenciando apenas mais daquela cultura vazia que vemos aos montes nas colunas sociais de qualquer cidadezinha (e agora no Instagram). Os panos pendurados nas modelos e todo o trabalho daquele estilista acabam relegados.

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-60

Então depois desse VRÁ na cara de muitos, começou o show de verdade. A nova coleção foi inspirada no Hip Hop e a importância dele para o desenvolvimento do street style. Marc Jacobs diz que assistiu ao documentário Hip-Hop Evolution na Netflix, que mostra a evolução desse gênero musical dos anos 70 aos 90 e como essa cultura riquíssima foi transferida para o nosso cotidiano naturalmente:

“Como nasci e cresci em Nova York, foi durante a minha época na High School of Art and Design que eu comecei a ver e sentir a influência do hip-hop nas outras músicas e também na arte e estilo. Essa coleção é a minha representação do estilo causal esportivo. É um reconhecimento e um gesto do meu respeito pelo polimento e consideração aplicados à moda de uma geração que será para sempre o fundamento do estilo de rua da cultura juvenil.”

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-64

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-29

Observando os detalhes, percebemos que tudo foi pensado para ser usado nas ruas mesmo. Não há nada ali que não possa fazer parte do nosso guarda-roupa. Talvez apenas os chapéus exagerados se reconfigurem um pouco, mas gostei que eles tenham aparecido dessa maneira bem evidente, pois é um sinal de que o estilista apostou forte nessa tendência e a gente pode se divertir bastante com peças mais enxutas (sou suspeita para falar, pois eu amo chapéus!). Amei as cores nude, marrom e dourado praticamente dominando a paleta do desfile. Os colares gigantes (bling-bling ♥), os casacos com pelúcia (no caso do desfile, acredito que sejam peles de verdade, infelizmente) e os microcompimentos tocam o meu coração.

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-51

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-14

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-02

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-07

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-12

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-09

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-47 marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-08

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-18

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-16

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-57

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-11

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-15

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-13

marc-jacobs-street-style-estilo-de-rua-cultura-hip-hop-desfile-de-moda-outono-inverno-2017-blog-got-sin-56

Por mais desfiles ricos em cultura e menos futilidade! ❤