Rihanna Rebel

rihanna-mariano-vivanco-elle-blog-got-sin-moda-editorial-revista-sexy-02

.

Adoro o estilo rebelde da Rihanna, ela usa o que quer e não se importa com a opinião alheia, sou fã. Estou encantada com esse editorial da Elle, que perfeição de fotos! Esses 2 primeiros looks abaixo já estão salvos na minha pastinha de inspirações do ano. O que é esse conjunto Louis Vuitton quadriculado e com mini comprimento no top e principalmente na saia?? I DIE 2 TIMES!! ♥

.

rihanna-mariano-vivanco-elle-blog-got-sin-moda-editorial-revista-sexy-03

Veja todas as fotos clicando no link abaixo:

Continue lendo “Rihanna Rebel”

Anúncios

Coleção polêmica da Rihanna para a River Island

Eu não deixaria de dar minha opinião sobre o assunto que está causando polêmica pela mídia internacional: o desfile da coleção da Rihanna para a marca inglesa River Island (by the way, amo essa marca!). Fui inspirada pelo tweet do @AlanCorrea do Bagarai.com.br.

.

Rihanna-RiverIsland-desfile-colecao-moda-londres-got-sin

.

A Rihanna apresentou a sua coleção baseada no seu estilo pessoal, que é bem 90’s com pitadas de grunge e muita roupa sexy. Porém, esse desfile causou tanta crítica negativa – no meu ver – apenas por 4 motivos:

1º Qualidade do material: Talvez tenham usado muita “viscolycra” numa coleção cheia de holofotes (no sentido figurado) da imprensa. Ainda mais quando se tem uma celebridade tão importante ao nível da Rihanna. Olha que eu gosto desse tecido pq além de deixar o corpo lindo, é confortável e gostoso no toque da pele (alguns né… tem uns bem fubangos por aí que não valem 1 real). Mas é claro… é um tecido barato e por ser uma loja de roupas bem comercial, eles não iam disponibilizar seda pura na coleção pq aí o preço teria que subir muito, as vendas cairiam e perderiam clientes. (tipo como acontece com as coleções especiais das fast fashions) Quem contrata a Rihanna quer vender bastante. Então eu acho injusto criticar uma coleção comercial inteira com esse argumento – só se eles estivessem vendendo isso por um preço muito alto, aí eu concordaria que é ridículo mesmo, mas não é o caso. O tecido também leva ao segundo problema.

Rihanna-RiverIsland-desfile-colecao-moda-londres-got-sin-vestido-transparente-01

.

2º – Roupa sexy não é para qualquer uma: No caso, com esse design coladinho e material (vamos combinar, esse tecido marca até os poros). Acredito que a Rihanna tenha criado as peças pensando no que ela gostaria de usar, no que ficaria bem nela. Super normal pensar assim no começo da carreira na área da moda. Tem alguns estilistas que dificilmente largam de mão essa mania de se colocar nas próprias coleções (Donatella Versace, oi!), inclusive alguns jornalistas de moda que só gostam de uma coleção se eles puderem usar também… então quem dirá uma cantora que deu seu primeiro passo nesse mundo. Normal. O problema é que nem todo mundo tem o quadril lindo da Rihanna – vejam só como algumas roupas ficaram feias em algumas modelos e depois a própria cantora chega com um vestido igual da sua coleção e arrasa.

Rihanna-RiverIsland-desfile-colecao-moda-londres-got-sin-vestido-transparente-02

.

3º Críticos da mimimídia velhos e cansados: Ai gente, sinceramente… ano 2013 e ainda tem meia dúzia de gato pingado (old school, digamos assim) querendo dizer o que é legal ou não para jovens meninas de 20 e poucos anos. Podem ter trabalhado a vida inteira com isso, entender o que é elegância e blá, blá, blá… mas ainda não conseguem entender o que uma menina real quer. Nem todo mundo quer ser elegante aos 20 anos… a maioria quer apenas se divertir, estar confortável, arrasar na balada, se sentir sexy (principalmente as fãs da Rihanna)… menos pudor, por favor! Falaram que a coleção está pornográfica – RISOS. Queria muito ver a cena de uma mulher se achando sexy com tailleur Chanel, por exemplo. Ou melhor, a cara do namorado/marido delas pensando “wtf! grandma?“. Há diversos estilos no mundo, chamaram a Rihanna (famosa pelas polêmicas e sex appeal exagerados) e esperavam algo diferente? (Como bem disse o The New York Times) Flores, babados e romance? Pfff… alow aposentadoria, tem gente caducando aqui!

.

4º Achar que coleção comercial é coleção conceitual: Não tem nem como comparar a coleção da Rihanna para a River Island (loja pop) com desfiles de grandes estilistas. A Rihanna não está se lançando como estilista com uma marca que leva o seu nome, apenas o emprestou para essa coleção. Não sei pq os famosos profissionais tão estudados que esfregam diploma de moda na cara dos outros não conseguem perceber a diferença disso tudo. É a mesma coisa eu rir do mau gosto da Fergie ao lançar aquela coleção da C&A em 2009, ou então da Britney Spears para a Candie’s em 2008. Eu acho que a Rihanna trabalhou com as ferramentas que tinha disponível, e se ela realmente quisesse lançar a sua marca, teria investido em tecidos mais nobres e etc.

.

Resumindo: Não é tudo 100% lindo, mas tem muita coisa para usar ali que eu adorei e também outras para inspirar. Barriga de fora, 90ish, minimalismo, sapatos PERFEITOS, saias com fenda fatale, grunge, camisa/casaco amarrados na cintura e etc.

Eu avaliaria assim a coleção:

certo-errado-rihanna-spring-showlooks-river-island-got-sin-01certo-errado-rihanna-spring-showlooks-river-island-got-sin-02

.

O que acharam da coleção da Rihanna?

.