Minha opinião sobre o X-Factor 2012: Carly Rose Sonenclar vs Tate Stevens

xfactor-finalistas-grande-final-ganhador-ganhadora-carly-rose-sonenclar-tate-stevens-got-sin

Já contei aqui o quanto eu adoro o X Factor. Para mim é uma das melhores propostas desses realities musicais, embora os juízes e o povo que assiste não sigam a regra principal, que é achar alguém com um Fator Especial para virar artista pop nos EUA. Eu, você e toda a torcida do Corinthians sabemos que ter apenas uma voz boa não vende discos. Consumidores de música pop preferem muito mais uma imagem ou mensagem que o artista passa do que o talento musical em si – vide Britney Spears, Justin Bieber, Madonna e etc. Estamos em uma época em que cantores líricos e semelhantes não tem muita vez. Se você tem voz boa e quer receber destaque com isso, cante sobre dores de corno, como a Adele. Apenas dessa forma 99% das pessoas conseguem se identificar com música lenta – vai dizer que não é assim?

Então, na minha opinião, a Carly Rose Sonenclar, mesmo sendo do time da Britney Spears, não merecia ganhar o X Factor. Acho que o mais merecedor ali seria o Tate Stevens, que tem a sua última chance de brilhar. Sem contar que ele vai sair dali com uma enorme fanbase, pq o público do programa ama country e deve ser composto por pessoas mais velhas. Ou então o Emblem3 (já estão fora da competição), que ganhou uma fanbase jovem bem grande e é a cara do pop americano.

Sei que todo mundo ama a Carly agora… mas você realmente compraria um cd dela? Eu pelo menos não. A não ser que ela mude completamente o seu visual e seu estilo musical. E não falo isso por não ter cultura musical, mas acho que pop é música para dançar, se divertir, ouvir até enjoar e depois esperar a próxima canção descartável (as únicas que não são descartáveis são aquelas das cantoras que apresentam algo a mais, que faz com que eu me identifique com elas). A Carly não é algo muito comum da criançada se identificar. Tá certo que ela é toda esquisitinha e, hoje em dia, a mídia tenta não dar destaque apenas para a beleza como acontecia no pop 90’s e early 00’s, mas acho que não é suficiente. Afinal, ela nem sofreu bullying para alguém se identificar – é claro que eles vão apresentar essa teoria mais adiante, se ela ganhar, porque isso vende.

Ou a menina vai sofrer uma transformação absurda e quando tiver os seus 18 anos vai fazer a louca e começar a apelação sexual – sim, isso é o que mais vende nos EUA. Ou ela vai virar uma Celine Dion da vida. É claro que essa última é uma das cantoras mais bem pagas, mas acho que são pouquíssimas que cantam ‘lentinhas’ que conseguem chegar nesse patamar.

Lembram da Melanie Amaro? Pois é… tenho quase certeza que você só lembrou desse nome se você assistiu recentemente a apresentação dela nessa temporada. Ela tem uma puta voz e… só! Ganhou o X Factor passado e tá aí, encalhada sem vender e sem fazer sucesso. Bem como eu falei que iria acontecer e, na época, muitos jogaram pedras em mim. Só que eu conheço o mundo pop, sou extremamente fã desse estilo musical e vejo as grandes cantoras tentando manter o seu lugar ao sol. Se para uma Christina Aguilera da vida já é difícil, imagina para uma iniciante sem o verdadeiro X Factor e apenas com a voz. A Melanie não tem imagem forte, não tem carisma e para estar no ramo musical é necessário principalmente ter muito disso.

Acho que a Carly vai ser esquecida ou virar hit entre as mulheres mais velhas, que vão achar fofinho uma menininha com voz potente e que canta igual um anjinho. Se ela ganhar, tomara que tenha um bom destino pela frente e eu esteja errada, pois desejo uma vida de sucesso para ela. Mas essa é apenas a minha opinião baseada em consumo de música pop que eu faço desde quando lembro que sou gente.

Enquanto isso, torço para o Tate Stevens ganhar hoje! A voz dele é tão linda que faz a gente gostar de country. E também estou esperando os cds do Emblem3 e da Paige Thomas (que recentemente assinou contrato com a Roc Nation!).

xfactor-finalistas-grande-final-ganhador-ganhadora-carly-rose-sonenclar-tate-stevens-emblem3-paige-thomas-got-sin

.

Já fiz outros posts falando sobre o X Factor aqui.

E vocês… já querem me matar por ter falado mal da Carly? Ou concordam?

.

meu look: lumière – desafio we love shoes by lia line

O último sapato do desafio We Love Shoes by Lia Line é o Par Lumière. Uma sandália gelo, fechada no peito do pé, decorada com traçados de costura e algumas tachas. Achei ótima, pois combina com praticamente tudo e deixa os looks mais modernos e elegantes!

O que me inspirou essa semana foram os irmão Lumière e a história do cinema!

Para quem não sabe, os irmãos Lumière são os pais do cinema e um dos primeiros filmes exibidos publicamente foi o “L’Arrivée d’un train en gare de la Ciotat” ( ou “A chegada do trem na estação de La Ciotat”), em 1896, gravado por eles mesmos.

Analisando o figurino da época, vi que as mulheres usavam saias bem rodadas, portanto escolhi para o meu look uma versão moderna disso: uma saia godê de babados na cor verde militar (mini, é claro!). Elas também usavam a cintura super marcada, então

usei um cinto marrom de croco e fivelas. Também escolhi uma t-shirt podrinha branca que é mais larguinha, para deixar mais descontraído e atualizado. Acessórios dourados e prateados e uma bolsa de croco marrom. Para conceitualizar a idéia de tempo, usei um relógio de bolso de rubis super antigo – graciosamente cedido pela Relojoaria Cima – , já que a inspiração foi o passado. No dia em que eu tirei as fotos tinha um vento bem friozinho no final da tarde,  por isso adicionei um blazer de moletom verde militar (que aparecerá apenas em algumas fotos).

A estação férrea de Bento Gonçalves serviu de cenário, com a sua Maria Fumaça, que é algo que nos transporta literalmente direto para o passado e tem toda a atmosfera necessária para criar o clima do filme que serviu de inspiração.