E se os Pokémons virassem um desfile de moda?

A nova mania do Pokémon Go tem repercutido em todas as mídias possíveis, inclusive nas de moda de verdade, como a Vogue Itália! Os editores da revista escolheram looks desfilados nas últimas temporadas das grandes grifes que lembrassem alguns Pokémons de uma maneira conceitual. Não é que eles encontraram vários? Uma mistura nada convencional, porém o resultado ficou muito divertido. Como sou fã de ambas as coisas, adorei!

Conseguem perceber as semelhanças?

pokemon moda alta costura blog got sin 03
Dewgong | Jacquemus – outono/inverno 2016
pokemon moda alta costura blog got sin 02
Pikachu | Jeremy Scott – outono/inverno 2011
pokemon moda alta costura blog got sin 06
Pidgeot | Valentino – outono/inverno 2016
pokemon moda alta costura blog got sin 12
Goldeen | Gareth Pugh – primavera/verão 2013
pokemon moda alta costura blog got sin 01
Jigglypuff | Vetements – primavera/verão 2017
pokemon moda alta costura blog got sin 14
Persian | Gareth Pugh – outono/inverno 2016
pokemon moda alta costura blog got sin 13
Zubat | Giles – primavera/verão 2014
pokemon moda alta costura blog got sin 11
Bellsprout | Jean Paul Gaultier – primavera/verão 2015
pokemon moda alta costura blog got sin 10
Ninetails | Francesco Scognamiglio – outono/inverno 2011
pokemon moda alta costura blog got sin 08
Starmie | Jeremy Scott – outono/inverno 2012
pokemon moda alta costura blog got sin 09
Venomoth | Jean Paul Gaultier – primavera/verão 2014
pokemon moda alta costura blog got sin 04
Arbok | Iris Van Herpen – outono/inverno 2014
pokemon moda alta costura blog got sin 07
Dragonair | Gareth Pugh – primavera/verão 2012
pokemon moda alta costura blog got sin 05
Vaporeon | Giles – outono/inverno 2015

Anúncios

App criado por Ian McKellen facilita o entendimento de Shakespeare para leigos e estudantes

sir ian mckellen app shakespeare a tempestade peça teatro livro cultura blog got sin 15

O ator Ian McKellen (o Gandalf e o Magneto) iniciou sua carreira se apresentando na Royal Shakespeare Company (uma das mais importantes companhias de teatro do mundo) e acaba de lançar o primeiro de uma série de aplicativos destinados a tornar as peças de Shakespeare mais acessíveis e fáceis de compreender, especialmente para estudantes do ensino médio e universitários.

sir ian mckellen app shakespeare a tempestade peça teatro livro cultura blog got sin09

Como McKellen explica no vídeo abaixo, as peças de Shakespeare foram originalmente concebidas para serem vistas ao vivo em um teatro, não para serem lidas em livros. Assim, esses aplicativos apresentam atores executando cenas dramáticas das peças, enquanto acompanhamos o texto simultaneamente.

Em uma entrevista recente ele conta o motivo de amar tanto Shakespeare:

“Todo mundo consegue se ver nos personagens de Shakespeare!
Ele falava de todos nós. Escrevia sobre pessoas negras, sobre gays como eu, sobre mulheres – meu Deus, ele escreveu papeis fantásticos para as mulheres! Escreveu sobre líderes, tiranos, pessoas que você conhece em pubs, soldados de todos os escalões… Então a cor da sua pele ou a cultura a qual você pertencia não eram relevantes, mas o trabalho que ele criou em cima disso continua sendo persistentemente relevante para o mundo.”

sir ian mckellen app shakespeare a tempestade peça teatro livro cultura blog got sin 05

O primeiro dos 37 aplicativos é da peça A Tempestade, e o app já se encontra no iTunes.

sir ian mckeller app shakespeare a tempestade peça teatro livro cultura blog got sin 01

O aplicativo incluirá os seguintes recursos:

  • Elenco de atores shakespearianos profissionais.
  • Texto integral como publicado no First Folio (com a linguagem original).
  • A versão digital completa do Arden Shakespeare (uma versão com linguagem moderna).
  • Três diferentes níveis de explicações, dependendo da necessidade do leitor.
  • A lista completa de personagens com a explicação de cada um e com todas as suas linhas através de cada cena.
  • Uma linha do tempo da vida de Shakespeare – suas peças, seus teatros, e contexto contemporâneo para colocar tudo em perspectiva histórica.
  • Vídeos com debates sobre personagens, temas e significado da peça. Todos feitos pelo próprio Sir Ian McKellen justamente com o conceituado professor Sir Jonathan Bate.
  • Ilustrações e resumos para explicar o enredo com citações chave e eventos importantes.
  • A história de todas as grandes produções de A Tempestade, do século 17 até os dias atuais.
  • Opção para fazer anotações, copiar trechos e destacar o texto que podem ser coletados, correlacionados e exportados para uso posterior.
  • Pesquisas e ensaios completos (essays) sobre a peça.

Agora é só aguardar os próximos aplicativos da Heuristic Shakespeare com as outras histórias – e também uma versão para o Android, né?