Copiaram o meu Vestido Dourado no MET Gala 2018 😱

Não querendo me achar, mas só pra avisar que VIREI TRENDESETTER! Pois é, lancei moda com o look que criei para o casamento da minha irmã, que consistia em um vestido dourado com fenda. Ontem no MET Gala não deu outra, muitos vestidos nesse estilo foram desfilados pelo red carpet, inclusive da nossa beldade nacional, Gisele Bündchen!

O casamento da minha irmã foi em Março de 2017 e o MET Gala foi em Maio de 2018. Do the math! hahaha

BITCH STOLE MY LOOK!

Vamos começar pelo mais óbvio: o look da Olivia Munn! Ela não contente em plagiar meu vestido, ainda copiou o tom do batom e o cabelo solto. Feito pela H&M.

E o que falar da Emily Ratajkowski, que copiou até as mangas longas? Assinado pelo Marc Jacobs.

Até minha musa mor, Kim Kardashian! Ainda é Versace, minha marca favorita. Que ousadia!
A prova de que ela lê meu blog é que o outro look usado no after é um clássico da Versace que eu falei sobre outro dia por aqui tb! EXATAMENTE O MESMO! Coincidência? Acho que não.

Outra musa, Ashley Graham, mudou o tom um pouquinho para disfarçar o plágio criado por Prabal Gurung.

E o que falar dessa versão “pobrinha” Versace da Gisele Bündchen?

E a versão ryqueza da Irina Shayk? Também Versace.

Kerry Washington usou uma versão mais comportada feita pelo Ralph Lauren.

Joan Smalls bem glamourosa by Tommy Hilfiger.

A Jasmine Sanders já optou por uma versão mais rococó barroca rebuscada da H&M.

E essa versão mini da Katy Perry? Também Versace.

Temos também a versão conceitual do Altuzarra, usada pela Evan Rachel Wood.

E a versão carnavalesca by Dolce & Gabbana da Sarah Jessica Parker.

Outra de Dolce & Gabbana, foi a Anya Taylor-Joy.

Eu novamente para mostrar que acertei até o tema de deusa dourada do catolicismo.

.

O POST CONTÉM IRONIA

Preciso avisar que o post é uma brincadeira? Acho que está bem óbvio, né?

Anúncios

Documentário de moda – O Evangelho segundo André

Resultado de imagem para andre leon talley photoshoot

“I don’t live for fashion, I live for beauty and style.”

No dia 25 de maio será lançado nos cinemas americanos o documentário “The Gospel According To André“, dirigido por Kate Novack. Não vejo a hora de poder assistir aqui no Brasil também (Alô, Netflix!).

Para quem não conhece, André Leon Talley é uma das vozes mais influentes da indústria da moda. Sempre com suas capas, está presente na primeira fila dos melhores desfiles há décadas e sua trajetória de vida e carreira são tão fascinantes quanto suas opiniões sobre moda. Por esse motivo, nada mais justo do que ganhar seu próprio documentário que narra a ascensão de uma humilde criação no sul para editor na Vogue e símbolo fashion.

O documentário também conta com muitos famosos que o adoram, como Tom Ford, Diane von Fürstenberg, Marc Jacobs, Manolo Blahnik e, claro, Anna Wintour, que lhe dá crédito por ensinar sobre moda em seus primeiros dias como editor-chefe na Vogue. Mas algumas das anedotas mais memoráveis vêm de seus amigos de infância. Através deles e das memórias de Talley, temos uma imagem aprofundada do fashionista quando jovem, criado por sua amada avó, eternamente fascinado com as revistas da Vogue que ele lia na biblioteca e o estilo de sua avó e suas amigas, quando vestiam seus melhores chapéus todos os domingos para a igreja. Em um ponto, Talley vai para casa para relembrar sua ex-professora do ensino médio, e recorda seu guarda-roupa antigo com detalhes assustadores.

“Foi até fácil montar o documentário porque a Kate Novack sabia o que ela queria dizer. Ela era muito, muito organizada. Sua pesquisa foi incrível.

Resultado de imagem para andre leon talley weight loss

A profundidade da pesquisa, todo o caminho de volta para Brown e indo para a Carolina do Norte. Ela constantemente me surpreendeu,  tinha um conhecimento muito profundo do meu começo de vida e eu apenas dava a ela os nomes das pessoas para entrevistar. Minha professora do ensino médio, a Sra. Garrett, meu melhor amigo do ensino médio, Bruce, e talvez da minha escola em Hillside, e depois ela juntou todos od fragmentos de décadas da minha vida e uniu em um belo filme. Não precisei organizar nada, apenas sentava-me para conversar sempre que ela queria.”

Resultado de imagem para andre leon talley young

Só assisto filme “gospel” se for assim!