O polêmico vídeo da Miley Cyrus – Mother’s Daughter

Oh my God, she got the power!

Se eu já tinha amado a música Mother’s Daughter, agora com o vídeo estou ainda mais apaixonada e será difícil tirar do replay. Sentia muita falta do pop que faz críticas sociais de empoderamento feminino como as cantoras de antigamente costumavam fazer, por isso me encantei tanto com o clipe, que lembra uma mistura de Madonna (em Human Nature) com Britney Spears (em Oops!… I did It Again) sem deixar de ser Miley Cyruspolêmicas são como refresco!

Apesar da simplicidade minimalista visual, a mensagem que carrega é tão densa que pode ser pesada para muitos espectadores. Ela vem esfregar na cara o poder da mulher e ri ironicamente dos estereótipos que a sociedade incute ao tentar nos aprisionar. O vermelho representando o pecado e a fúria, um objeto sexual que pensa, uma armadilha para os homens, uma femme fatale, alguém que luta pelos direitos de liberdade e celebra o sagrado feminino. Se eu fosse fazer um clipe, com certeza iria querer algo semelhante.

so don’t fuck with my freedom
i came back to get me some
i’m nasty, i’m evil
must be something in the water or that i’m my mother’s daughter

GOT SIN?

A Miley Cyrus está de parabéns!

p.s.: agora já sei o que usar no halloween!

Anúncios

Versace homenageia o The Prodigy

Meu desfile favorito é sempre o da Versace! Na temporada de Menswear da primavera 2020, o vocalista do The Prodigy, Keith Flint, foi homenageado juntamente com o pós-punk. O resultado foram looks casuais fáceis de ser inseridos no cotidiano de homens e mulheres, mas ao mesmo tempo puxando alguns limites – afinal, estamos falando de um movimento musical que não curte seguir padrões. Numa trajetória que vai dos anos 70 aos anos 90, podemos ver looks de oncinha, muito couro, franjas, vinil e estampas para todos os gêneros. É a demonstração mais literal do termo “punk de boutique“.

Separei aqui os meus favoritos:

ALFAIATARIA EM COURO

Dá para ser chique e punk no mundo da Versace e eu amei a ideia! Trench coat e blazer de couro é a união de dois opostos que funcionam bem no inverno de quem mora em locais frios e chuvosos mas não gostam de perder a elegância no trabalho. A camisa azul com gravata preta me lembrou bastante a icônica roupa que a Britney Spears usou no vídeo de Me Against The Music, então é claro que adorei ver a Gigi Hadid desfilando uma versão semelhante. Vocês perceberam que o cinto subiu novamente e agora marca a cintura no que seria um cós bem alto? Vale a pena ficar de olho.

JAQUETA DE MOTOQUEIRO

O símbolo da rebeldia! Como eu amo esse modelo de jaqueta perfecto. Agora ela aparece com franjas, combinando com botinhas para as mulheres ou tênis e gravata para os homens. O mix de estilos continua.

BLAZER DE ONCINHA

Os casacos de pele fake de oncinha continuam em alta e agora chegam na versão blazer também, tanto para homens quanto para mulheres. A combinação é um pouco mais ousada, misturando peças de vinil preto e camisa com gravata.

BRILHO + BARRIGA DE FORA

Vocês já estão cansados de ver eu falando há anos que amo barriga de fora, né? Mas adorei a proposta da Versace, com um blazer por cima para balancear. Para os homens a opção é ousar na transparência do tecido para deixar o tanquinho de fora.

FALANDO DE ONCINHA…

A coleção está recheadíssima de peças com estampa de oncinha! Se você é como eu e também ama, pode se jogar pq eles apostam no hit até para os homens.

OS OPOSTOS SE ATRAEM

Não sabe escolher entre o pretinho clássico e o xadrez príncipe de gales? Usa os dois e ainda mistura com couro! Mais uma vez mostrando que alfaiataria não precisa ser sem graça.

MINIVESTIDOS

A coleção trouxe peças sexy, como comprimentos mini, couro e oncinha. Lembram que já expliquei porque as mulheres punks se vestiam assim por causa das strippers, pois ambas eram marginalizadas pela sociedade? (leia mais em: Punks e Strippers pela Moda!) Por isso é importante conhecer história da moda, pois é como a autoanálise na psicologia, descobrimos que tudo tem um motivo por trás. Acho fascinante ter maturidade o suficiente para entender a origem das coisas.

ESTAMPA VERSACE

A clássica estampa da Versace trouxe o motivo barroco em tons bem coloridos, quase neon, fazendo lembrar as raves dos anos 90. É um exagero que combina muito com a moda brasileira, que já está lotada de camisas estampadas, principalmente no setor masculino.

CABELO COLORIDO

Para os homens, o cabelo colorido – símbolo do vocalista do Prodigy – foi o destaque. Uma homenagem ao punk e a modernidade. Vale usar todas as cores, do amarelo ao azul, verde, rosa e vermelho. Escolha a sua favorita e seja feliz.

 

ASSISTA O DESFILE COMPLETO