A verdade por trás do álbum Femme Fatale da Britney Spears

Com o oitavo álbum da Britney Spears prestes a ser lançado, muitos rumores e especulações começam a circular em torno dele. Começamos a receber novas informações de vários produtores que estão nos bastidores e então conseguimos encaixar algumas peças do ‘enigma Britney‘.

Lembram quando o Femme Fatale foi lançado em março de 2011? Comentei aqui que eu tinha detestado o álbum e de longe era o pior dos piores da carreira da Britney. Tem algumas músicas boas, outras aprendi a gostar na marra, mas a maioria eu passo sem dó. O fato é que, como super fã desde 1998, não vi nada da Britney ali! Algumas letras lembravam ela até, tipo a de Inside Out, Criminal, Up&Down… mas as batidinhas não encaixavam, não eram naturais da Britney, eram forçadas demais. A maioria das músicas desse cd eram vazias e totalmente sem graça nenhuma. Não tinham NADA de Femme Fatale!

Sem contar na divulgação e shows em que ela demonstrava claramente a sua empolgação ZERO com tudo aquilo. Tava na cara da coitada que ela estava sendo obrigada a fazer aquilo. Pra mim essa foi a pior fase dela! Pior do que quando ela raspou a cabeça (e continuava autêntica, sexy e louca). Pior do que quando ela se apresentava em shoppings nos EUA para tentar ganhar público. Pior do que em Circus quando ela ainda estava assustada com a reação que o público poderia ter. E acho que foi pior do que se ela tivesse avisado que iria se aposentar!

Eis que agora os podres começam a aparecer e tudo fica mais claro.

O motivo de tudo isso se chama Dr. Luke e Max Martin! (eu já sabia) Sim, aqueles famosos produtores musicais que já trabalharam muitas vezes com a Britney dando grandes hits para ela. Só que dessa vez o ego deles falou mais alto e se tornaram os produtores executivos do Femme Fatale (ou seja, os que mandaram em tudo, cortaram e colocaram as músicas que quiseram no cd e etc). Aliás, se adonaram desse cargo.

Lembram em 2010 que a Britney Spears fez um “acampamento” de produtores e eles ficaram um ano inteiro trabalhando para ela? Tinha o Danja ♥, Darkchild, Polow Da Don, Lil Jon, Sean Garrett, The Underdogs e muitos outros. Todos trabalhando para criar um álbum ‘urban‘ com uma pontinha de hip hop e quase nada de dance. Lembro de vários deles falando que tinham feito músicas excelentes com esse tema para a Britney, inclusive grandes hits, mas estavam esperando o resultado final para ver o que cortariam e o que os produtores executivos deixariam no FF.

Aliás, ela tinha em mãos 50 músicas prontas para escolher. Inclusive a “Drop It Low” da Ester Dean que era pra ter sido da Britney originalmente:

.

Tinha essa perfeição de música também (a versão original não teria o Don Philip chato):

.

Sem contar a Secret:

.

E advinha só o que sobrou? O lixo do Dr. Luke + Max Martin, é claro!

Outro dia li uns tweets do MartianLeeks que fizeram eu ter certeza absoluta disso tudo. A Ke$ha também já tinha desabafado sobre ter sido forçada a cantar “Die Young”, criada pelo Dr. Luke, e ainda foi obrigada a lançar como single. Imagino que no cd Teenage Dream da Katy Perry isso também tenha acontecido, embora ela não esteja na fase de se importar muito com algo mais autoral. Todos falam que o Luke é muito individualista e não se importa com a opinião do artista ou outros produtores, quer apenas colocar o seu hit plastificado e dominar o máximo que pode.

Fiquei super feliz de saber que a Britney tinha excluído ele desse novo álbum, até não curti muito a ideia do Will.I.Am ser o produtor executivo da era atual, mas é melhor ter um pouco de liberdade do que nada. (Torço para que as músicas não caiam no eletrônico brega novamente!) Infelizmente, parece que ainda não estamos totalmente livres do Luke, já que semana passada ele avisou ter voltado a produzir música com ela. Então vamos torcer para que seja apenas uma e que depois ele fique bem longe da nossa querida princesinha.

Nós, fãs da Britney, sempre colocamos a culpa desse comportamento robótico em sua conservadoria ou até nos remédios da coitada, mas o problema é muito maior do que imaginamos. Aqui tem várias informações de como a opinião da Brit é sempre barrada por alguém, ela é realmente muito manipulada e sonha em lançar um álbum com mais liberdade (como aconteceu com o Blackout e quase com o Original Doll – #fãsentenderão).

Confesso que eu também iria perder o tesão por apresentar, dançar e divulgar música ruim se tivesse passado por tudo isso. Além dos problemas pessoais, ainda muitos tentam abusar do seu poder. Espero que algum dia ela consiga ficar livre de toda essa gente negativa e possa cuidar da sua família, escrever e lançar a música que quiser (e se quiser), fazendo apenas o que a deixa feliz.

Desejo que esse novo cd venha do coração da Britney, com muitas músicas do Danja e Pharrell, que eu amo e sei que ela também.

Volta, Britney feliz!
Volta, Britney apaixonada pelo seu trabalho! :D

Anúncios

6 comentários sobre “A verdade por trás do álbum Femme Fatale da Britney Spears

  1. Gih disse:

    Nossa que post enorme.
    Eu adoro a Brit, tenho todos os cds.. mas não chego a ser essa super fã (que acompanha a vida dela, ou entende do trabalho dela).
    Mas achei bem injusto essa coisa toda de ser barrada pelos produtores, ela não tem voz na própria vida.
    O certo é procurar alguém que saiba trabalhar e ouvir o que o cantor tem a dizer sobre isso. Os backstreet Boys já declaram guerra uma vez e eu amei o album “solo” deles
    kisses

    Curtir

  2. sandrareginakohls disse:

    As duas músicas ali são bem a cara da Britney. Mas não me admira que tenha acontecido isso. A grande maioria desses cantores atuais no fundo é só um padrão de marketing pra engodar as pessoas a gasta seu dinheiro. Simples assim. Como em outras palavras cantar é o ganha pão dos famosos, se sentem quase obrigados as vezes a fazer isso. :/ Mto triste por que tb sou fã da Britney desde o primeiro cd! :D

    Curtir

  3. Anne disse:

    Eu li sobre tudo isso também e agora tá explicado o comportamento dela nessa era. Pelo menos desse próximo álbum -aparentemente- está tudo indo muito bem.

    Curtir

    • sininhu disse:

      Aham, agora ela está super feliz com esse álbum. Acho que finalmente ela vai poder fazer o que tanto desejava. :)
      Mal posso esperar para ouvir as novas músicas, tenho certeza que serão ótimas e super Britneys! haha

      Curtir

  4. camilapenelas@gmail.com disse:

    Amo a Brit e sou fã desde 98/99, acho essa turnê linda e o álbum também (adoro todas as músicas), me chamem de louca, só que não sou ingênua de não perceber que ela nessa época não estava bem com alguma coisa, eu cheguei a pensar que fosse algo relacionado a relacionamento sei lá, porque sabemos que isso desestabiliza a nossa diva.
    Mas tudo escrito acima faz sentido sim!

    Curtir

O que achou do post? Comenta aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s