A eterna busca das mulheres pelo Corpo Perfeito

*post originalmente publicado no dia 11/11/2011

Meninas, eu sei que o verão tá aí e o que eu mais vejo é desespero para conseguir aquele corpinho perfeito para exibir na praia. E é justamente sobre isso que eu quero falar aqui. Talvez seja meio lenga-lenga, ou uma forma de desabafar, mas de forma alguma quero atacar ninguém com esse post. Que sirva de reflexão (ou apenas ignore-o).

Primeiro de tudo: é MUITO arriscado fazer dieta por conta própria ou qualquer uma que seja radical demais. Sério, eu sou ortoréxica, já fiz dietas loucas na minha vida (não com intenção de emagrecer, que fique bem claro) e hoje em dia cuido muito da minha alimentação e sigo um plano alimentar para que ela seja o mais correta e saudável possível para o meu corpo, e sempre que eu preciso ganhar uns quilinhos (pq perder para mim é mais fácil do que ganhar e às vezes perco demais) procuro urgente a minha nutróloga.

Em segundo lugar, gostaria de contar uma verdade chocante para vocês: perfeição não existe!

Pois é, você pode se alimentar corretamente, ir para a academia todos os dias, fazer mil plásticas, mas enquanto você não se amar incondicionalmente, sempre vai surgir um defeitinho aqui ou ali que te infernizará. E não é legal passar a vida inteira odiando o seu braço, a sua bunda ou aquela pinta no dedinho do pé.

Existem coisas que não podem ser mudadas, e nem devem.

Esqueçam aquele bullying que vocês sofriam nas escola. Quem dá esses “apelidinhos” para os outros está muito mais descontente com o próprio corpo do que você estava naquela época. Não vale a pena guardar rancor e ódio. Não precisamos acreditar que somos gordas, magrelas, feias, e etc.

Sei que é difícil para a maioria das pessoas se livrar desses rancores e chateações. Mas a opção é sempre de nós mesmas. Não quero parecer um livro de autoajuda, mas apenas tocar nesse ponto que eu acho fundamental para todos refletirem um pouco.

Recebo milhares de emails de meninas contando as suas superações, o que eu acho muito legal e inspirador. Mas em contrapartida, tem meninas que mandam email pedindo ajuda para aprender a lidar com os colegas que xingam, ou então bem desesperadas com o seu peso pedindo telefone de cirurgião plástico para fazer lipoaspiração.

Eu não sou totalmente contra lipo, já que cada um faz o que quer. Mas não apoio e muito menos indico esse tipo de coisa. Nunca fiz e nem nunca farei, pq eu prefiro “sofrer” (isso para mim nem é sofrer) cortando certos alimentos do meu cardápio do que passar por perrengue pós-operatório. Sem contar que lipo não é que nem silicone, né… Tipo, colocou e fica bom por uns 10 anos, no mínimo (claro que tem riscos tb, mas estou focando em cirurgias que deram certo). A lipo não tem garantia de durabilidade, pq a pessoa vai ter que maneirar no garfo depois do mesmo jeito, se não volta tudo como era antes. (E é mais barato procurar uma nutróloga!)

A mesma coisa para as magrinhas que querem ter coxão/bundão da noite para o dia. Isso não existe! Tudo que vem rápido, vai rápido. Não adianta beber 500 litros de shake proteico, se encher de bomba e etc. Seus rins/fígado possuem menos valor do que a sua coxa? Porque é esse o preço que você pagará no futuro. No meu ponto de vista, não vale a pena.

Acho que é tão mais fácil gostar do próprio corpo. Sentar e analisar de onde vieram esses pensamentos idiotas de que a sua barriga, bumbum, perna são feios. Certamente teve uma primeira pessoa que veio te criticar e você gravou isso na cabeça. Agora se você parar e lembrar dessa pessoa, ela era perfeita? Óbvio que não! Porque ninguém é.

Então vale a pena ficar estressada com o que uma pessoa crítica (amarga por dentro) fala de você? Óbvio que não².

Não existem críticas construtivas. Para mim, elas são sempre corrosivas e mostram o erro apenas da própria pessoa que a faz. Não entendo a necessidade de pessoas, que não te conhecem a ponto de ter o teu número de telefone residencial, sentirem-se com liberdade e intimidade para apontar defeitos e errinhos alheios.

Todos podemos cometer deslizes, todos temos defeitos! É a vida. Quem não aceita isso fica aí, apontando o dedão para os outros. Mostrando aquela coisa ridícula do outro que ela mesma vê nela quando se olha no espelho. Porque enxergamos os outros como nos enxergamos, falamos com os outros como falamos com nós mesmos. Então a pessoa que te ofende não é apenas digna de pena? Afinal, ela é muito pior do que a sua unha torta ou a sua celulite, pois além dela ficar reparando nessas partes do próprio corpo dela, tem muito mais coisas que ela odeia nela mesma, tem muito rancor ali dentro, muito veneninho apodrecendo o interior, tanto que ela não se aguenta e sente essa necessidade de tentar dividir com os outros.

É muito triste saber que existem pessoas que derrubam as outras apenas para as usarem como um banquinho/escada, tentando ganhar um espaço que elas mesmas jamais alcançariam se não fosse nas costas dos outros. Tentam roubar a sua felicidade.

Só dou uma outra dica para vocês, pois já falei em diversos emails, mas acho válido colocar aqui no blog também. A única pessoa que afeta a sua autoestima é você mesma. Apenas você mesma pode dar importância para esse tipo de comentário ou pessoa. Portanto, esqueçam essas ofensas baixas, vocês são bem melhores do que isso.

Ninguém precisa de críticas para ser feliz. Amigos dão conselhos e não tapas na cara. Quem não é amigo, cale-se, pois não é importante.

O corpo ideal é aquele que você está usando agora! Vai lá no espelho agora e faz uma lista de coisas bonitas que você vê no seu corpo, órgãos que funcionam e etc. Certamente será bem maior do que aqueles 2 “defeitinhos” que você fica tão encanada.

É legal cuidar da saúde, super necessário mesmo. Mas se você é saudável, tem mais é que ser feliz! Conheço tanta gente com problemas sérios de saúde que nos dão uma bela lição de vida apenas sorrindo, e outras tantas com saúde choramingando pitangas pq não é igual a fulana.

Então parem de se comparar com as fulanas e beltranas. Elas são lindas? Com certeza! Mas você também é.

Se você fizer uma listinha de pessoas que admira, verá que a maioria delas tem o corpo bem diferente uma da outra. Pode até ter uma parte semelhante, por exemplo: todas com cinturinha, ou todas com coxão, ou sei lá o quê. Mas de resto, certamente todas são diferentes.

Tem gente que gosta de loiras, morenas, fofinhas, magrinhas, altas, baixas, crespas, olho claro, olho escuro, blá, blá, blá… Sempre terá uma tampa para cada tipo de panela! hahaha (Bem brega o exemplo, mas o sentido é real) Não perca tempo com tampas erradas!

E outra, não perca tempo procurando a tampa certa também. Isso é um bônus que a vida te dá, nunca uma prioridade que exige busca e desgaste próprio. A única regra é você ser a sua maior fã, assim você atrairá pessoas do bem para o seu lado.

Eu sei que parece tudo bonitinho quando tá no papel e tal, mas vale a pena tentar trazer isso para a própria vida. É o método mais eficaz para achar o seu corpo perfeito. ;)

Anúncios

63 comentários sobre “A eterna busca das mulheres pelo Corpo Perfeito

  1. barbara disse:

    Sininho, alguma vez tu já sofreu por causa do teu corpo? olhou no espelho sabendo que aquilo não era bonito? ou tu sempre foi gostosa :B?
    Porque eu já, e eu entendo o quanto isso é ruim. É muito fácil falar: “se aceite como você é
    “, quando você mesma se encaixa perfeitamente nos padroes de beleza.

    Curtir

    • sininhu disse:

      Ai Barbara, todo mundo já não se achou bonito em algum momento da vida, né. Como eu falei, não existe perfeição.
      Quem nunca teve uma tpm e olhou no espelho se achando uma obesa (ou anoréxica). Todo mundo teve adolescência, né. Nessa fase a gente nunca tem muita certeza do nosso potencial, alguns dias parece que esquecemos aquele amor incondicional que tínhamos na infância.

      Mas confesso que se eu fizer um balanço da minha vida, a maior parte dela eu estava contente com o meu corpo sim. Só acho que os outros enxergam o meu corpo de uma forma boa, pq é assim que eu mesma o enxergo, sabe. Não acho que para sentir-se bem com o seu corpo vc precisa estar gostosa no padrão alheio.
      Enquanto depender da opinião dos outros, ninguém nunca se sentirá belo. Pq tem gostos muito diferentes, e é impossível todo mundo gostar ao mesmo tempo de algo.

      Pega como exemplo aquelas mulheres lindas da mídia. Tem gente que não acha a Megan Fox bonita, pq não faz o tipo e tal, mas ela não deixa de ser linda. E assim vai ser com todas as outras famosas que tu achar bonita. Uns gostam de magras, outros de gordelícias, outros de bocão, outros de olhos azuis… Mas não precisamos nos fixar naquelas pessoas que gostam do nosso oposto. Pode ter certeza que no mundo existem mais fãs do nosso corpo, do jeitinho que ele é, do que ao contrário. ;)

      Curtir

      • Clarice disse:

        Vc falou da Megan Fox. Exato, mesmo se uns dois ou três não a achem bonita, ele continuará sendo bonita. Assim como, mesmo se uma pessoa fora dos padrões se achar bonita, ela continuará sendo feia.

        Eu concordo com a moça de cima, é muito fácil falar “Se aceita, esse é teu corpo, tá fodida”, quando vc se encaixa perfeitamente nos padrões de beleza…

        Eu até acho que essa maneira de falar, algo do tipo “temos que nos aceitar como somos” sem tentar desqualificar os padrões é só uma maneira de continuar no pedestal e de falar pras pessoas que não alcançam o pedestal, que essa é a vida delas, “fazer o quê? Nem todas nascem pra ser lindas”.

        Curtir

        • sininhu disse:

          Cada um acredita no que quiser…
          Pode ter certeza que tem sempre alguém que acha bonita aquela pessoa que tu considera feia.

          Eu não estou falando isso de “se aceita e tá fodida”. TU LEU O TEXTO INTEIRO?

          falei que se a pessoa quer mudar, que busque e melhore… mas ficar se matando a vida inteira pra chegar em um padrão de corpo que é impossível para o seu, é ridículo!
          Ou ficar se achando menos por isso, idem! Todo mundo é diferente. Tu acha que a Megan Fox é perfeita tb? Ou a Gisele Bundchen? Ou a Whitney Thompson? Todas tem defeitos.
          Eu falei que quando me sinto magra demais, procuro uma nutróloga. Se tu não se sente bem, vai lá e busca aperfeiçoar o que tu quer pra melhorar e não fica chorando pq não se acha boa. A vida é muito curta para se lamentar e principalmente para odiar o lugar que vc jamais poderá deixar nessa encarnação – o seu corpo.

          Quem está me colocando em um pedestal é tu. Fiz esse post para as leitoras que eu gosto, e acredito que todas elas são lindas sim.
          Desse jeito que tu colocou parece que eu sou superior a todas, quando na real eu sou igualzinha… Mesma carne, mesmo osso e etc.
          Se vc acha que o meu corpo está perfeito, ótimo. Viu como funciona? Eu me vejo assim, então todos me veem da mesma forma. ;)
          Se eu me achasse feia talvez todos vissem o meu corpo dessa forma.

          Recomendo uma boa ida ao psicanalista pra ti. Pq tu se sentiu ofendida com isso e se sente inferior a mim.
          Jura que eu vou falar “se aceitem” com a intenção de não ter competição! huahuahuaha
          Eu escrevi com a intenção de conversar com as minhas amigas. Quem não gosta já deve estar muito bem encaminhada no X ali do lado.

          Até nesse tipo de post vcs inventam coisas pra encrencar? Gosh!

          Parece que o sonho de vcs é ver eu falando NÃO SOU PERFEITA.
          Os meus defeitos vão te fazer sentir-se melhor consigo mesma? Se sim, procure ajuda psicológica.

          Curtir

  2. Chay Correia disse:

    Amei o post Sininhu, acho que grande parte da baixa auto-estima das mulheres não é por si mesma e sim para agradar aos homens, para que eles não olhem para outras, já que mulher oferecida é o que não falta, eu sou bem magrinha e sou feliz com meu corpo, não ligo se dizem que os homens preferem as gostosas, com peitão e bundão, até porque não quero agradar à todos os homens, já que quero somente um para mim, que certamente não é acefálo para julgar uma mulher pela aparência, já fuí complemente neurótica com isso, e digo, é muuuuuuito difícil de reverter a situação, vc nem faz idéia porque sempre foi linda, mas acho também que inveja não tá com nada, se não tá satisfeita com o próprio corpo, procure melhorar ao invés de ficar achando defeito nas outras.

    Beijosss

    Curtir

    • sininhu disse:

      Chay, aquele teu comentário no post do Victoria’s Secret FS me inspirou para fazer esse aqui. :)
      Fiquei pensando naquela polêmica de “obesas” e “magrelas” que tu comentou.

      Eu acho que a maior parte da baixa autoestima é por causa dessa tentativa de ser melhor que o outro, embora não seja uma regra. É muito desejo de aprovação alheia. Mas se o cara corre o risco de te trair, não vale a pena perder tempo pensando nele e muito menos tentar se autoflagelar com dietas loucas por causa dele. É mais fácil procurar um cara que te ame de verdade, pq quem ama não trai e tb não se importa com a aparência, né.

      Eu já tive fases que me achei magra demais, mas não fiquei mal por causa do que os outros iam falar, mas sim pq aquela minha calça maravilhosa não servia mais. huaha Daí eu busquei ajuda no lugar certo (nutróloga). Mas como eu foco muito mais na minha saúde, acho que não perco mt tempo pensando se tá bom para os outros ou não.

      Por isso eu aproveito o máximo o meu corpo sempre. Uso a roupa que eu quero, pq adoro olhar para ele. Mesmo sabendo que a maioria das pessoas vai me julgar erroneamente – mas quem se importa com esse tipo de gente pequena que não lê um livro por causa da capa?. Meio narcisista e tal, egoísta talvez… mas faz parte da minha personalidade, fazer o quê. huaha O importante é ser feliz no fim do dia.

      Curtir

  3. Renata Oliveira disse:

    Oi Sininho. É a primeira vez que comento no blog, mas o leio sempre.
    Concordo em genero, numero e grau. Realmente temos que nos cuidar, mas nao significa que ser a pessoa mais magra do mundo te faça feliz. Sou gordinha sim e sou feliz. Fiz varias dietas, mas nada adiantou. Sempre emagreci e engordei o dobro. Hoje vejo que mesmo que eu emagreça, meu estereotipo de corpo nunca sera de uma pessoa magra.
    E amigos, namorados tem que te amar como você é e não pelo quer que vc seja. Se ame sempre.

    bjao e se cuida =)

    Curtir

    • sininhu disse:

      Oii Renata!
      Seja bem-vinda aqui nos comentários. :)

      Sim, eu não sei pq a sociedade criou essa história de que “gordinhas não são felizes”. Conheço várias que são! Assim como conheço magrinhas infelizes tb. Depende muito mais do que se tem por dentro do que por fora.
      Todo mundo já teve dias de neura com a balança, é normal… Pq logo passa.

      Cada corpo tem a sua vantagem, é legal sempre focar nisso quando a neura tentar aparecer novamente.

      O mais bonito é ser original, aceitar as diferenças. Imagina todo mundo igual que mundo sem graça seria?!

      Concordo contigo, se amigos e namorados não te aceitarem… é pq não são bons o suficiente para cumprirem esses papeis. Next… huaha ;)

      Fique à vontade para comentar mais vezes por aqui. ^^

      Beijão

      Curtir

  4. Anne disse:

    Eu a-m-e-i o post Sininhu! Muito bem escrito, parabéns.

    Na minha adolescência eu morria de vergonha do meu corpo (por ser muito magra), só usava jeans e camiseta largos, resultado: baixa autoestima e consequentemente ninguém me paquerava. Acredito muito que uma coisa puxa a outra.

    Eu era totalmente complexada por vários motivos, por ser magrinha demais, por ter pouco peito e até por ser descendente de orientais. Me achava muito feia e sem graça.

    O tempo foi passando e eu aprendi a me valorizar, passei a me cuidar mais.

    Sempre penso no tempo perdido com essas besteiras, eu poderia ter aproveitado muito mais se eu tivesse na época a cabeça que tenho hoje!

    O grande problema das mulheres é olhar para o espelho e ficar caçando defeitos quando na verdade deveriam ressaltar seus pontos fortes.

    Mudei bastante para melhor, tanto que o meu principal lema quando um relacionamento acaba é: o homem precisa ver o que perdeu e não do que se livrou!

    Para mim nada mais levanta a autoestima do que se arrumar toda, você se sente mais poderosa e confiante. Por isso, esse momento virou um ritual sagrado para mim.

    Pode parecer besteira, mas fez uma grande diferença na minha vida, hoje em dia estou satisfeita comigo do jeito que eu sou.

    Curtir

    • sininhu disse:

      Oii Anne!
      Pois é, todo mundo tem as suas fases de não gostar disso ou daquilo. Quem nunca. né?

      A primeira vez que eu parei para pensar dessa forma que tu falou, no tempo perdido se preocupando com besteiras e tal, eu decidi nunca mais fazer isso (ou pelo menos evitar o máximo que eu puder). Acho que na minha adolescência eu fazia muito drama por nada.

      Hoje em dia eu me sinto bem mais madura em relação a minha autoestima.

      Isso de olhar no espelho e caçar problemas é um mal geral mesmo e só prejudica a pessoa. Quem nunca passou no espelho e só viu um quilo de celulite monstra, ou apenas uma espinha cobrindo o rosto inteiro, ou aquela pochetinha marcando, e etc? huahah A mulher sempre tende a aumentar os seus “defeitinhos” e criar verdadeiros montros em cima daquilo.
      Por isso que é legal passar no espelho e olha para aquela parte que a gente mais gosta, daí com o tempo tu vai descobrindo outras coisas legais que “combinam” com aquela parte… quando ve, já tá gostando de tudo e nem lembra daquela “pinta no joelho” que antes era um inferno. huahah
      É tipo um treino mental, eu acho.

      E tenho a mesma opinião que tu perante os homens: é ELE quem perde, SEMPRE! huaha
      Homem é o que mais tem nesse mundo, não dá pra querer esses losers que não estão contentes com eles mesmos e descontam essas frustrações deles em nós.
      Certeza que tem homem de sobra com milhares de qualidades que combinam com as nossas.

      Eu tb adoro me arrumar! Com certeza eleva a autoestima colocar aquela roupa que a gente curte, perfume preferido, sapato e etc. Faz mt bem! :)

      Curtir

  5. nandaoliveira1001 disse:

    Nossaaa .. esses post veio na hora certa.

    Sempre tive problemas com a minha aparência, já faz uns 3 anos q coloquei short pela última vez, e nem é pq eu tenho um corpo feio, eu faço academia e recebo vários elogios, mas nao sei pq, simplismente nao consigo me achar bonita o bastante.
    acabei de me olhar no espelho e só vi defeitos, mas agora q li esse post estou me sentindo bem melhor. Obrigada sininhu.

    Curtir

    • sininhu disse:

      Nanda, deixa disso… vai lá e arrasa no shortinho!
      Tem que aproveitar agora, ainda mais que é verão. :D

      Tu viu que os outros só te elogiam, pq tu mesma não gosta de ti??
      Tu deve ser linda, não se esconda e aproveita a vida.
      Começa usando uma saia mais soltinha, mais compridinha, e depois vai pro shorts… vai fazendo em doses homeopáticas! ;) huaha

      E começa a procurar as tuas qualidades no espelho, fixar naquele “defeitinho” nunca é bom. Tem que se sentir bem sempre, afinal o seu corpo estará sempre contigo.

      Curtir

    • sininhu disse:

      Obrigada Luanny! :)
      Eu tb sempre penso assim, por isso que as pessoas sempre falam que eu não sei receber críticas. huaha De fato não sei mesmo.
      Não sei em que tipo de ambiente elas foram criadas, mas eu aprendi que crítica não é a maneira certa de fazer alguém crescer.

      Curtir

  6. Gabi Barbosa disse:

    Oi, Sininhu!
    Concordo em gênero, número e grau. Eu fico impressionada a quantidade de garotas, meninas novas, de 16 anos fazendo cirurgias aqui e acolá. Não critico meninas que preferem diminuir um pouquinho o nariz, operar as orelhas ou outra coisa, mas sim aquelas que começam, desde cedo, uma briga constante com o espelho. Juro que eu fico com pena de pessoas que se odeiam tanto assim. Mas a verdade seja dita, todo mundo detesta uma parte do corpo ou está insatisfeita. Quando somos magras, queremos ser gostosas, quando estamos alguns quilos acima do peso, queremos emagrecer demais… E esse ciclo nunca acaba.

    Acho que é bem o que você falou. Ao invés de observar apenas as coisas ruins, porque não olhar no espelho e só ver as coisas boas? Todas temos pontos fortes que nos agradam e, quando destacamos cada um deles, as outras pessoas também passarão a nos admirar também. É uma construção da beleza que vem de dentro para fora, e não ao contrário. Do que adianta se fazemos inúmeras plásticas, nos matamos na academia e desequilibramos nossa alimentação se isso não vai bastar?

    É um assunto para ficarmos bastante atentas e para vigiar. Creio que, em muitas, virou vício. Aí, sim, é muito preocupante.

    Beijos! :)

    Curtir

  7. lohcat Borges Gonçalves disse:

    Concerteza um dos melhores post do seu blog Sininhu, todos sao maravailhosos, mais esse ultrapassou, você podia ate colocar mais dicas assim.

    eu sempre fui magra e alta(estou com 1,78) e nunca gostei de ser assim, das pessoas me chamarem de vara de pegar mamão, magrela…. sempre achava ruim sempre escondia minhas pernas por ser finas de mais, mais decidi que nao vou me sentir feia e acreditar no os outros falam nao, comecei a usar roupas bem curtas e nao ligo mais pro que os outro falam nao, se falam mal eu pergunto- o que vc tem a ver com minha vida e meu corpo, to feliz com ele invejosa! apenas isso. cansei de ser aquela boba e nao falar nada e os outros so me humilhando.

    parabens pelo post sininhu, cada vez mais adoravel e legal. Adoro muito você florzinha.

    beijos. se cuida

    Curtir

  8. mayã disse:

    Oie!
    Eu que acompanho o teu blog há um bom tempo confesso que não esperava um post como esse.Não pelo que se trata,mas pela forma como se foi dito.
    Realmente tu tem amadurecido muito!
    bjs =*

    Curtir

  9. Flávia disse:

    Achei muito oportuno o post! E concordo também com o que você disse no comentário acima, de que as pessoas vêem o seu corpo de forma positiva porque você também se vê assim. Claro, você tem um corpo perfeito pelas fotos que já vi, mas a autoconfiança que transmite faz com que seja algo completo.

    Certa vez estava assistindo o vídeo da apresentação de uma turma de dança sensual. Haviam meninas com corpos mais “nos padrões de beleza” e algumas nem tanto, porém havia uma menina que era um pouco mais gordinha, mas trazia tanta autoconfiança, tanta sensualidade dentro de si, que roubou minha atenção, só conseguia prestar atenção nela. Acabou se destacando com muito mais charme do que aquelas que dançavam exibindo as suas cinturas finas e bumbuns redondos.

    Tem bastante gente por aí que perde tanto tempo noiado com a própria aparência, que acaba se esquecendo de se enriquecer por dentro. Imagina que triste uma pessoa linda, que não tem mais nada a oferecer?

    Uma frase sua que achei bem interessante foi: “Seus rins/fígado possuem menos valor do que a sua coxa?”. Essa vou levar para a vida!

    Beijos e parabéns pelo post e pelo blog, está bem legal.

    Curtir

  10. Laís Tamie disse:

    Nooossa! Adorei o post… nunca comentei aqui, mas sempre visito o blog!! =)
    É dificil encontrar pessoas como vc, que são bonitas por fora e por dentro também!
    Que veem muito mais que a aparência e tornam-se muito mais bonitas que qualquer padrão de beleza…

    Beijooos

    Curtir

  11. Angélica disse:

    Nossa!

    Muito legal isso que escreveu…
    Sabe que passamos por muitas situações em nossas vidas, inclusive erros não deixam de existir, mas devo te confessar que estou achando o máximo o sucesso que você faz na net..Pelo menos é o que estou vendo até agora!
    Você amadureceu muito mesmo e eu também…
    Só queria que soubesse é que estou muito feliz por ti!

    Beijokas Angélica

    Curtir

  12. Gabriela Parisi disse:

    Vou mandar este post pra uma amiga minha. Ela também é ortoréxica (aliás, nem sabia que existia um termo pra esse tipo de distúrbio) e tem uma obsessão que chega a dar “medo”, e isso porque quer ter um corpo bonito. Ela já tem um corpo legal, mas insiste que está gorda, e eu já falei a ela várias vezes para tomar cuidado pra essa ortorexia não virar anorexia.
    Agora, essa de se aceitar como é, pra mim, é a maior verdade que poderia existir! Sou gordinha, meço 1,57, peso 80kg e não tenho vergonha alguma em falar nisso =). Penso em emagrecer mais por questão de saúde do que por estética, pois meu pai tem problema cardíaco e minha mãe é hipertensa. Sou muuuito mais saudável do que muita magra que conheço, mas é arriscado contar com a sorte em questão de saúde, já dizia aquele velho clichê “melhor prevenir do que remediar”. Gosto de quem sou, e isso de corpo e alma, e meus quilos a mais não me impediram de arrumar um ótimo namorado, com quem estou há quase 2 anos e meio ;). Mas é isso aí, a vida é muito curta pra ficar se preocupando com o que os outros vão pensar.
    Beijoss

    Curtir

  13. Natasha disse:

    Sylvia você não faz nenhum tipo de atividade física ? Vi uma declaração sua no lingerie day de que não fazia academia …
    Desde já obrigada , (:

    Curtir

    • sininhu disse:

      Oii Natasha!
      Quando eu lembro de fazer atividade física é caminhada no parque com os meus cachorros ou dança (street jazz, mais precisamente).
      E uma vez por ano eu faço jump! huaha (O jump tá aqui em casa quase mofando, pq é muito raro mesmo eu usá-lo.)

      Academia nem pensar! Não combina comigo e nem curto músculo marcado.
      Uma vez por ano eu até faço uns abdominais ou exercícios para a perna com caneleira, mas depois me arrependo profundamente por causa daquela dorzinha chata de “quebrar o sedentarismo”, sabe? huaha

      Prefiro cuidar só da alimentação, acho mais prazeroso. :)

      Curtir

  14. Isa disse:

    Acho super errado esse tipo de gente que depende de outros para se achar bonita/ser feliz. Concordo plenamente com o teu post!
    Acompanho o blog desde o começo mas nunca dei as caras por aqui. Já cheguei a não gostar de alguns dos posts, porém nunca fui dessas loucas(os) que xingam e etc. Isso vale tanto pra padrões de “respeito na internet” quanto pra qualquer outra situação. Eu fui obesa durante os 11, 12, 13 anos (como você citou no post), sofri bullying e fui muito humilhada. Então emagreci; O meu emagrecimento teve como motivo essas frequentes humilhações, aí estava o erro. De 100 kg passei pra 60 (tenho 1,75m), e várias das pessoas que me humilharam correram atrás de mim. Eu aprendi a me amar acima de tudo… ah, e ressaltando.. nunca apelei pra cirurgias plásticas, não sou contra, mas não tenho coragem de fazer esse tipo de coisa, emagreci graças a mudanças na alimentação. Assim como você, não tomo refrigerantes, não como frituras, etc e vivo super bem assim!
    Hoje em dia eu pego as minhas roupas que usava naquela época e comparo com as que uso atualmente, noooossa, nada melhor de poder rir do que já foi sofrimento né?
    Suas roupas são baphonicas e eu me identifico muuuito com o seu estilo!
    Adoro a autoconfiança que você transmite na sua maneira de se vestir e escrever. Espero que você continue assim! xx

    Curtir

  15. Ingrid Cavalcante disse:

    Eu não consigo ser feliz com meu sobrepeso. Mas muito menos feliz eu seria se parasse de comer besteiras. Um dia eu vou fazer academia – ou caminhadas (sai mais barato). Talvez eu comece uma dieta na segunda – e termine na terça hahahahahhahaah.

    Curtir

    • sininhu disse:

      É, eu acho que a pessoa tem que ver o que é mais confortável para ela.
      No meu caso eu deixo de comer algumas coisas, mas é pq a maioria eu não gosto mesmo, tipo chocolate, refri e fritura.
      Mas tem pessoas que gostam disso e de exercícios… Que é ótimo também.

      Caminhada é muito bom! É um exercício aeróbico e libera endorfina – o que anula a adrenalina, então ajuda muuuuito a saúde. :)

      Sobre começar na segunda e terminar na terça, sou assim com a academia! huaha
      Sério, nunca tive um 2º dia de academia nas minhas tentativas! Não combina comigo.

      Curtir

  16. Ana Clara disse:

    Adorei o site, estou lendo todos os posts antigos! Você tem um estilo meio que o OPOSTO do meu (gosto de outfits românticos/vintage… e abomino saltos ^^) mas nossas opiniões são muito parecidas! Principalmente a questão de detestar “censuras” :)
    Acho muito legal o respeito que você tem, ao mesmo tempo, por suas próprias escolhas e pelo que os outros escolhem para si. Um mulherão, de fato!

    Curtir

  17. larissatododia disse:

    Eu discordo totalmente da menina do primeiro post. Eu SOU gorda e sou mesmo e ja sofri demais por isso, de colocar o dedo na garganta para vomitar ate mesmo ficar sem comer ate desmaiar. Eu acho que nunca comentei nesse blog, mas hoje senti a necessidade de expor minha opiniao. Sininho, parabens pelo texto, amei! Penso igual a voce: eu prefiro me reeducar e sofrer assim do que passar pela mesa de um cirurgiao. Minha mae ja fez plasticas e eu sei o que eh um pos operatorio. Eu vi com oito anos garrafas plasticas contendo liquido e gordura do corpo da minha mae saindo da sala de cirurgia. Ou entao, simplesmente, aceite-se como vc eh e invista em voce de outras formas, com roupas que valorizem o que tem de melhor. Eu faria uma cirurgia caso nao houvesse solucao pro meu caso, mas havendo eu nunca colocaria minha vida em risco por preguica. Prefiro cair e levantar ate um dia conseguir chegar no meu ideal. Outra coisa, gordura nao eh sinonimo de solidao, peso 80 kg e meu marido eh um GATO, sou muito feliz! Beijos =*

    Curtir

  18. Roberta disse:

    Às vezes a lipo é necessária sim, tem gordurinhas localizadas que não saem por mais que malhemos ou façamos regime, como no caso do culote.

    Curtir

  19. Paloma disse:

    nosaaaaa…..adorei seu post!!!! vc falou tudo…eu por exemplo sempre fui gordinha, mas sempre gostei de mim assim, e por incrivel q pareça nao me acho bunita, assim lindona, mas eu falo me amo do jeito q sou porque tenho saude, e outra coisa sempre recebo elogios no serviço, na rua, amigos, sempre e acho q é por causa de que eu me aceito…se pudesse mudar alguma coisa em mim, nao mudaria nada, tenho tudo!!!! parabéns

    Curtir

  20. tine disse:

    Gostei muito do post, ainda mais vindo de uma pessoa que já escreveu “O sexismo é bullshit puro! Sou contra o machismo, tanto quanto do feminismo. Acho até que o feminismo só convém para as mulheres feias* (é, você leu correto.. F-E-I-A-S*), que usam dessa arma pois não podem exibir o corpo. Tipo por conveniência mesmo. Quem tem esses atributos, não abandona/esconde as armas assim tão facilmente, just saying.” e “Não digo que o feminismo sempre foi ruim… Mas hoje, só vejo mulher defendendo causas para esconder a própria bunda feia, já que não tem nenhuma causa importante mais para defender (pelo jeito).”

    Curtir

    • sininhu disse:

      Continuo com a mesma opinião: quem se esconde é pq se acha feia. Vc não concorda com isso?

      o FEIA tem um asterisco, não sei se tu está acostumada com leitura, mas geralmente quando tem isso… é pq tem uma explicação para aquela colocação no rodapé.
      tu leu o P.S. desse post? quando eu falo FEIA, quero dizer quando a própria pessoa se acha feia.
      gente que se acha feia e é ressentida a ponto de tentar proibir que outros expressem a sua beleza, pq elas mesmas acham que não tem igual, são dignas de pena. não gosto desse tipo de gente, pois são as pessoas que vivem aqui criticando. vejo isso como uma pessoa nojenta, desprezível e digna do próprio inferno mental que cria. feiura interior não tem cura!
      só acho que, sendo assim, não deveriam tentar contaminar os outros que estão felizes e sentindo-se belos.

      a pessoa pode ter uma bunda mole e caída e mesmo assim não ser feia, se ela não se achar feia. mas no momento que ela se vê de uma forma horrenda, todos vão vê-la assim tb. o interior é mt mais forte do que o exterior.

      quando alguém chama outro de FEIA, eu nem dou bola… nunca me senti assim, então o chapéu nunca me serviu. pulo a linha, e me apego no conteúdo bom que combina comigo, simples. ;)

      Curtir

  21. Keity disse:

    Nossa, sempre que acabo aqui por causa dos links do ocioso vejo baixaria nos comentários. que coisa feia, sempre alguma resposta arrogante..tsts

    Curtir

  22. Da[ disse:

    huhauahuahuauahua, me divirto muito aqui, lendo os posts e depois as respostas.

    “feiura interior não tem cura!” Concordo plenamente com isso, tem mulheres que se preocupam tanto com beleza exterior e se esquecem que uma pessoa realmente bonita é mais que isso.

    Beleza exterior é relativa.

    Curtir

  23. Laís Costa disse:

    Sininhu, qual a relaçao da mídia com o corpo feminino ? A midia coloca um corpo perfeito, onde as meninas acham qe podem ter o corpo perfeito, mas acabam frustradas por nao conseguirem, o que que vcê acha ? Adorei o seu post

    Curtir

    • sininhu disse:

      Oii Laís :)
      Acho que a mídia nunca fala explicitamente que aquele corpo é perfeito e todos deveriam ser iguais.
      Cabe às pessoas terem uma boa autoestima, gostarem daquilo que veem no espelho e não tentar atingir padrões impossíveis.

      Acho que há beleza em tudo.
      Por exemplo… eu sou baixinha, não posso ser alta igual a Gisele Bundchen, nem com o maior dos maiores saltos. Mas nem por isso eu vou me achar inferior… Vou me virar com o que eu tenho e ver as vantagens disso. Sempre tem vantagem!
      E assim por diante.

      É algo que a pessoa tem que trabalhar dentro dela mesma, e não lá fora…

      Curtir

  24. Ana Paula disse:

    Parabéns pelo post queridona!!E mais uma vez tu prova para aqueles que tem uma inveja absurda de ti,que tu ñ é só uma bonitinha blogueira que gosta de moda,mas que tem cérebro tb…parabéns!!
    Acho que tu já tinha feito um post +/- parecido com este mas era mais falando da tua alimentação né?!
    Adorei msmo,li cada pontinho e vírgula com atenção!!E falo uma coisa: todo mundo tem suas crises de “tô gorda d+ tô magra d+” todo mundo tem ou vai ter,isso é fato…e aqueles (as) que sempre se acham inferior as gostosonas que a midia apresenta para nós hj,te olha no espelho pq certamente tu tem alguma coisa bem melhor que elas,não digo no sentido de ser MELHOR mas de ter uma boca que talvez a Gisele não tenha,ou de ter um olho lindo ,sempre temos alguma coisa a mais,sempre!!Exemplo: eu acho a tal Kate Midelton bonita,mas magra demais da conta,prefiro as minhas pernas do que as dela, acho o cabelo da Sininhu mais bonito que o meu e assim vai…..shauhsuahs
    Campanha dove: cada uma é linda da maneira que é!!Viva a real beleza!!
    Parabéns querida….tudo de bom nesse findi!!Uhuuu GOT SIN!
    Bjuu

    Curtir

  25. Luana disse:

    Sininhu, saindo do assunto do post, tu achou a sandalia parecida com a Fetish da Mango na Riachuelo? Quero passar por lá mas não queria ir na decepção…
    Beijo!

    Curtir

  26. bruna disse:

    Sininhu, adoro seu blog! mta personalidade! assim, sou bem parecida com seu biotipo de corpo. baixinha, 56kg, faço academia..mas nunca to satisfeita comigo. tenho pouco seios e isso me incomoda profundamente – baixa mto minha auto estima – até naquelas horas. Penso em por silicone. E se fosse vc, o que faria? colocaria ou não? tem algumas dicas, conselhos.
    Parabéns pelo blog lindo!
    ;*

    Curtir

    • sininhu disse:

      Obrigada Bruna! ^^

      Sobre o silicone, acho que se é algo que realmente te incomoda de verdade e você acha que vale a pena correr o risco que essa decisão acarreta, vai em frente.
      Não tenho uma opinião radical em relação a isso assim tipo como com a lipo, que eu sou totalmente contra. Acho que essa é uma plástica que fica para sempre, com bem menos chances de erro e que pode ajudar a melhorar tua autoestima. Porém, deve ser buscada em útlimos casos.

      Eu, por exemplo, tinha bem pouco peito até os meus 17 anos… Depois comecei a usar anticoncepcional e eles cresceram muitooo.
      Então antes de entrar na faca, vê se não há soluções mais brandas para esse teu problema. Às vezes até a regularização hormonal pode te ajudar. Conversa com a tua ginecologista sobre isso.

      Beijão

      Curtir

  27. Lih disse:

    Olá! Por acaso vim parar no seu blog. Dizem que a primeira impressão é a que fica… Gostei muito das suas postagens, você é muito inteligente. E linda também!
    Essa postagem, em especial, vai ter muita importância em minha vida… Desde criança sofri bullying e até hoje com 23 anos não consigo arrumar namorado e acabo me achando a mais feia das mulheres. Preciso sair, pois tenho aula daqui a pouco, mas já salvei seu site nos favoritos para mais tarde ler todos os comentários desse post e também as outras postagens.

    Beijos.

    Curtir

    • sininhu disse:

      Obrigada Lih! :)
      Fico feliz de que tenha gostado daqui, sinta-se bem-vinda sempre.

      Sobre o bullying… sei como é triste isso, mas não desanima nunca! Todo mundo sofre bullying na escola, eu tb sofria. Mas lembre sempre de que as pessoas fazem essas coisas apenas pq estão mais assustadas do que tu, não possuem autoestima e precisam acabar com a tua tb para se sentirem bem.

      Não se prive de viver e aproveitar a tua vida por causa do que os outros disseram pra ti. Você é muito mais do que um “defeitinho” (que talvez nem seja defeito) ou um “apelido”. Tenho certeza que você é linda e um dia vai encontrar um cara super querido que vai te fazer bem, basta você se aceitar e gostar de ti mesma.

      Qualquer coisa, se quiser conversar ou desabafar… pode me enviar um email gotsinblog@gmail.com, que eu tento te ajudar, tá. :) Às vezes a gente só precisa de alguém para ouvir nossos problemas e perceber que tem uma solução bem simples.

      Beijão

      Curtir

  28. Milena disse:

    Sininhu, primeira vez que eu comento aqui, mas sempre passo por aqui! Adoro os seus looks, embora eu não possa usar porque não sou linda como você! hahah. Adorei seu post de hoje, parece que foi feito pra mim! Obrigada!

    Curtir

    • sininhu disse:

      Laila, obrigada!
      Mas como já falei em um comentário anterior…

      As pessoas só me acham linda pq eu me acho linda.
      Quando a pessoa gosta de si, todo mundo também gosta.
      Parece balela de Lei da Atração, mas funciona de verdade e todo mundo pode fazer.

      Curtir

O que achou do post? Comenta aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s